ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/09/2020

Sorria e abraça os teus Pais enquanto estão aqui

O meu dia dos pais será comemorado pelos meus filhos, mas ao sentarmos à mesa direi a eles o que disse Sérgio Bittencourt


Por: Carlos Marley*

A frase do título é da canção “Trem-Bala” de Ana Vilela e com ela presto a minha homenagem a todos os pais. Esse gesto representa mais do que um presente material. Portanto, não perca tempo, sorria e abraça os teus pais enquanto estão aqui.

Eu não vou mais ter essa oportunidade, pois o meu querido pai já não está mais entre nós, mas de onde estiver estará sempre olhando por nós e recebendo o nosso abraço em forma de oração.

O meu dia dos pais será comemorado pelos meus filhos, mas ao sentarmos à mesa direi a eles o que disse Sérgio Bittencourt na canção “Naquela mesa”: “Naquela mesa tá faltando ele/ E a saudade dele tá doendo em mim”. Mais uma vez recorro às palavras de outra canção, “Meu querido, meu velho, meu amigo” de Roberto Carlos, que diz: “... Seu passado vive presente/ Nas experiências contidas/ Nesse coração consciente/ Da beleza das coisas da vida...”. Fico agradecido por tudo que foi feito por mim e meus irmãos. Você foi meu herói, nunca foi meu bandido. Você foi o exemplo que tentarei seguir e repassar para os meus filhos.

Obrigado pai! Feliz Dia dos Pais!

*Carlos Marley, nasceu na cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará – Brasil, onde reside. Formado em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal do Ceará, com especialização em Auditoria. Auditor Fiscal aposentado da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará. Leia mais sobre o autor...

Roberto Carlos - Meu querido, meu velho, meu amigo

2 comentários:

  1. Que lindo, meu caro amigo Marley! Também já não tenho meu pai, há anos. Ele se foi muito cedo, infelizmente. Mas permanece no nosso coração e a saudade é muita.
    Feliz Dia dos Pais para você, junto à sua família!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nobre colega Carmen, agradeço o seu comentário.

      Um forte abraço

      Eliminar

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo