ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/17/2020

Facebook Brasil seleciona Abraço Cultural para Aceleradora de Comunidades 2020


A ONG e escola de idiomas faz parte do projeto de expansão de comunidades que apresentaram impacto social positivo na rede social

São Paulo, 16 de julho de 2020 - No mesmo mês em que comemora 5 anos de existência, o Abraço Cultural, ONG e escola de idiomas com professores refugiados e migrantes, foi selecionado para o projeto Aceleradora de Comunidades 2020 do Facebook Brasil. 

Com o intuito de expandir e potencializar projetos que tenham desempenhado um impacto social positivo na rede social, e ajudá-los a ganhar mais força também no mundo offline, o Facebook vai investir cerca de US$ 3 milhões em 77 iniciativas selecionadas ao redor do mundo. No Brasil, além do Abraço Cultural, foram selecionados outros 11 projetos que passam por temas como empoderamento da comunidade negra, inclusão social e empoderamento feminino. 

Em 2015, a Abraço Cultural criou uma página do Facebook para promover os vários serviços de sua ONG, incluindo aulas de idioma e cultura com professores refugiados, além de oficinas, palestras e eventos culturais. O objetivo era envolver seus alunos e apoiadores na causa dos refugiados e dar visibilidade ao trabalho deles. Desde então, o projeto conseguiu compensar os professores e envolver mais de 50 mil membros no Facebook e no Instagram para contribuir para a integração socioeconômica de refugiados no Brasil, ajudando a reduzir preconceitos e estereótipos relacionados aos refugiados.

E para marcar o aniversário, a ONG e escola também apresenta o projeto “Abraçando Histórias”, como uma forma de desmassificar as experiências de refúgio e contar histórias a partir das vivências positivas de seus protagonistas. 

Nas palavras da coordenadora da sede da escola em São Paulo, Mariângela Garbelini: o “‘Abraçando Histórias’ nasceu da mesma força que impulsionou a criação do Abraço Cultural em 2015: o desejo de ouvir as pessoas que historicamente são invisibilizadas. Queremos contar histórias que nem sempre são contadas, que vão além do que a grande mídia nos conta, histórias de pessoas que têm um filme preferido, uma comida preferida ou que não têm preferência nenhuma. Histórias de pessoas que vivem a cidade de São Paulo em diferentes intensidades e, ao mesmo tempo, em sintonia com as mais de 20 milhões de pessoas que movem a capital. Histórias de pessoas comuns e excepcionais”. 

Inspirado na iniciativa do Humans of New York, a campanha reúne histórias curtas de cada um dos professores que integram o corpo do Abraço Cultural SP, colocando-os como pessoas com desejos, interesses, e pensamentos próprios. A cada semana, de 08/07 a 16/09, será possível acompanhar um texto novo no blog,além de trechos em vídeos no Facebook e Instagram do Abraço Cultural. 

Participe do Abraço Cultural:

As matrículas para os cursos extensivos do segundo semestre de francês, inglês, espanhol e árabe estão abertas no site. Devido à atual situação do COVID-19, as aulas serão ministradas por Zoom, para segurança de alunos e professores. 

Ajude a potencializar o Abraçando Histórias!

Acompanhe, compartilhe, curta e interaja. Ajude a desmistificar e desmassificar o refúgio no Brasil, trazendo mais conhecimento para causa e humanização para as histórias vividas. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo