LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/28/2020

Essas 7 dicas ajudam a manter a pele hidratada e fortalecida contra ressecamento e irritação no frio


Acredite, você não precisa acreditar que passará a temporada de inverno com a pele ressecada e descamando com facilidade. Mesmo nesse período, ela pode se manter linda, saudável e hidratada com essas 7 dicas

São Paulo – 23/07/2020 - Se você ainda acha que o frio de inverno é um sinônimo claro de pele ressecada, é melhor voltar a consultar seu dermatologista. É claro que, à medida que as temperaturas caem durante os meses mais frios, a umidade do ar também cai e isso deixa a pele mais seca, o que se agrava mais com alguns hábitos como banho quente, falta de uma rotina de cuidados e má alimentação. Mas, segundo a dermatologista Dra. Claudia Marçal*, professora-fundadora do Dermacademy MB e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, esse problema tem solução: é só reajustar sua rotina de cuidados e melhorar alguns hábitos. Veja abaixo as dicas da dermatologista:

De olho na rotina de cuidados: “A ingestão de frutas e vegetais ricos em água pode ajudar a hidratar a pele, pois eles fornecem hidratação a todas as células do seu corpo, mas aplicar um creme ou gel hidratante é uma forma mais direta de impactar a pele. Ele confere alívio imediato”, diz a médica. É muito importante que as peles mais secas apostem em cremes mais ricos e nutritivos, com ômegas em associação a ingredientes clássicos como ácido hialurônico; enquanto isso, as peles oleosas devem usar produtos que confiram hidratação prolongada, mas também forneça controle do brilho excessivo, geralmente em versões oil-free. Quanto aos ativos, aposte no ácido hialurônico de baixo peso molecular como Hyaxel, Arct-alg, Progenitrix, Aquaporine Active aqp3, Vitamina E, DSH CN e Nutriômega 3, 6, 7 e 9.

Cuidados no banho: Tomar um banho longo e quente é gostoso quando você está com frio, mas vai deixar sua pele ainda mais seca. Então é melhor apostar em um banho mais curto e em uma temperatura mais intermediária. “Depois do banho, aplique uma camada leve de óleo corporal, seguida por um creme ou loção para o corpo. É importante fazer isso enquanto a pele ainda está um pouco úmida para ajudar os hidratantes a penetrar", explica ela.

Use máscaras: Uma máscara profundamente hidratante é boa para a sua pele e pode servir como um ritual semanal que o ajudará a relaxar. "As máscaras são úteis porque são oclusivas, o que significa que introduzem vigorosamente os ingredientes hidratantes na pele", diz a dermatologista. Para transformar seu tempo com a máscara em uma experiência relaxante, sente-se e faça uma respiração profunda por dez minutos enquanto o produto está em seu rosto.

Reabilite as peles rachadas: Há uma solução fácil para as mãos, cotovelos, joelhos e pés ásperos no inverno. “O grande segredo é, após a esfoliação realizada durante o banho, aplicar um creme rico em dexpantenol, ureia, nutriomega 3, 6, 7 e 9, óleos como o de abacate, macadâmia, amêndoas, maracujá ou uvas conjuntamente, lanolina ou manteigas como a de karité, cupuaçu ou manga. No pé, após a aplicação do creme, colocar meia de algodão por trinta minutos para aumentar a absorção dos ativos e potencializar a ação de hidratação, regeneração e nutrição local”, afirma a dermatologista. Nas mãos, a luva pode ser uma opção para fazer a oclusão e potencializar a ação dos ativos.

Resista ao desejo de lamber seus lábios: Se o seu lábio está ressecado, pode ser tentador passar a língua, mas isso deve ser evitado. “A saliva tem um pH mais ácido e isso leva a uma dermatite constante que piora ainda mais o ressecamento. Há aquela sensação imediata que houve um umedecimento da região, mas logo depois acontece a formação de microfissuras, de ardência e vermelhidão local”, afirma a médica. Ela recomenda usar hidratantes à base de aveia coloidal, vitamina E, pró-vitamina B5, de manteigas de karitê, de óleos como o de girassol, óleo de macadâmea, e a própria presença de ativos como Oligomix, uma associação de oligoelementos como zinco, cobre, magnésio e manganês, que auxiliam no processo de cicatrização, devem estar presentes nas formulações. “Portanto, devem ser formulações ricas em vitaminas e antioxidantes que ajudam no reparo no sentido de evitar a inflamação”, afirma.

Invista nas vitaminas orais: Manter a pele hidratada também tem relação com a ingestão de suplementos orientados pelo dermatologista, sendo dois dos mais importantes FC Oral e Bio-Arct. “FC Oral contém um componente importante, o ômega 3 vetorizado pelo fosfolipídeo, que possui uma identidade com a membrana celular. Dessa forma, o ativo promove uma hidratação de dentro para fora, restaurando os danos dessa membrana e também melhora da fluidez, isto é, permite que os nutrientes sejam absorvidos de uma forma mais plena, o que também traz resultados para a hidratação. Já Bio-Arct age para melhorar o funcionamento celular, fornecendo energia e melhorando o aporte de nutrientes para a células”, afirma a médica.

Melhore o ar do seu quarto: Juntamente com o ar seco do inverno, o calor do aquecedor é um dos principais fatores para diminuir a hidratação. Para resolver esse problema, coloque um umidificador de ar no seu quarto. Sua pele vai agradecer de manhã. “E caso o problema persista, não hesite em procurar ajuda de um dermatologista”, finaliza a Dra. Claudia Marçal.

FONTE:
*DRA. CLAUDIA MARÇAL: Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Professora e fundadora do Dermacademy MB, plataforma online de ensino a dermatologistas, a médica é speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas - SP.
 

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo