ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/09/2020

Como será o mercado de trabalho para os profissionais de finanças após a crise?

Mercado de trabalho para profissionais de finanças após a crise-RafaPress | Istock

Diante do cenário de recessão, profissionais estão em busca de qualificação a fim de garantirem seus empregos


A área financeira das empresas vem sendo altamente demandada nos últimos meses. E motivos para isso não faltam. Em função da crise ocasionada pelo novo coronavírus o mercado vem exigindo papéis importantes dos executivos de finanças. Focados em reduzir custos e amenizar prejuízos, nunca antes os profissionais dessa área foram tão cobrados por resultados de efeito imediato. 

Muitas empresas acabam avaliando, durante o momento de crise, as competências de seus profissionais, colocando a prova todos os seus planejamentos e ações em busca de soluções. Mas é diante de um cenário de recessão, que muitos profissionais de finanças podem encontrar boas oportunidades de emprego e reconhecimento profissional.  

Contudo, a escassez de competências continua sendo um grande obstáculo na área financeira. De acordo com a pesquisa realizada pela Robert Half Consultoria, mais de 90% dos CFOs enfrentam desafios para encontrar profissionais verdadeiramente qualificados, principalmente em planos sucessórios de carreira.

O que o mercado procura são profissionais de alta performance, capazes de reerguer uma empresa, recuperar a saúde financeira e escalar os ganhos da organização. No cenário atual, os profissionais que se destacam são aqueles que possuem visão de negócio, olhando para a organização como um sistema vivo, entendendo das suas complexidades e acelerando as mudanças necessárias para a organização se manter competitiva.

Além das habilidades técnicas, a pesquisa da Robert Half Consultoria destacou ainda que as habilidades comportamentais mais exigidas dos profissionais de finanças são: liderança, comunicação, visão estratégica, flexibilidade e habilidade comercial.

Para que os profissionais consigam lidar com imprevisibilidade, riscos e onerosidade é preciso qualificação e preparo para o pós-crise. Com as incertezas na economia do país, muitos profissionais passaram a buscar cursos de especializações, não só com o objetivo de crescerem profissionalmente, mas também a fim de garantirem seus empregos.

Pensando nisso, a Universidade Positivo e o IBEF-PR disponibilizaram neste ano o Programa CFO no modelo online. O curso que tem como objetivo trazer à sala de aula as últimas tendências do mercado financeiro, conta com experiências de aprendizado e aplicações totalmente práticas.

Programa CFO UP IBEF-PR 2020
Matrículas abertas - Aulas ao vivo
Inscrições: até o dia 11/07
Início das aulas: em 16/07

Descontos: 30% de desconto para alunos ou ex-alunos da Universidade Positivo e 10% de desconto para associados do IBEF-PR

Faça já a sua inscrição no site:

Programa CFO UP IBEF-PR - Últimos dias para inscrição 2020-Divulgação
Sobre o Universidade Positivo
A Universidade Positivo faz parte do grupo Cruzeiro do Sul Educacional e é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de Graduação, centenas de programas de Especialização e MBA, sete programas de Mestrado e Doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam mais de 3.500m².

SOBRE O IBEF-PR
O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná (IBEF-PR) é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega executivos de finanças dos vários segmentos da atividade econômica do Paraná: executivos das áreas de indústria, comércio, consultorias, empresas de serviços, auditorias, instituições financeiras (bancárias e não-bancárias) e instituições governamentais.
Através de seus comitês de Finanças, Compliance e Riscos, Tributário e Empresarial, Inovação e Desenvolvimento de Executivos, o IBEF-PR realiza vários eventos, discussões e compartilha conhecimento para contribuir com o desenvolvimento dos profissionais de finanças do Paraná.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo