ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

6/28/2020

Sebraetec lança editais para contratação de prestadores de serviços em tecnologia

Já estão abertos os editais de credenciamento de prestadores de serviços do Sebraetec

Atualmente o Sistema Sebrae conta com cerca de 2.100 empresas especializadas em atuação, mas o objetivo é ampliar esse número nos próximos meses

Já estão abertos os editais de credenciamento de prestadores de serviços do Sebraetec, que têm como meta credenciar empresas para prestar serviços tecnológicos para os pequenos negócios. O objetivo da iniciativa é promover a melhoria de processos, produtos e serviços, ou introduzir inovações nos pequenos negócios. Essas novas prestadoras de serviço atuarão nas áreas de design, produção e qualidade, desenvolvimento tecnológico e sustentabilidade (www.sebrae.com.br/sebraetec).

Segundo o analista de inovação do Sebrae, Arthur Carneiro, existem hoje cerca de 2.100 prestadores de serviços ativos atuando no Sebraetec. Os editais abertos preveem o credenciamento de empresas especializadas em serviços tecnológicos, para atuar em duas modalidades. “Eles podem ser contratados em sistema de rodízio ou por cotações de preço, de acordo com as regras estabelecidas pela unidade do Sebrae de cada estado”, explica Carneiro, observando que em vários estados os processos já estão em andamento. “Para se credenciar o prestador precisa se qualificar no edital do Sebrae no estado que tenha interesse, necessitando apenas comprovar a qualificação e documentação exigida no edital”, acrescenta o analista. As informações dos editais podem ser encontradas no site: www.datasebrae.com.br/sebraetec .

Atualmente 18 unidades do Sebrae, em diferentes estados, estão com editais abertos e até o final de julho outros estados também abrirão seus editais para credenciamento de novos prestadores de serviços. No último trimestre, devido à crise gerada pela COVID-19, a procura pela digitalização por parte das MPE aumentou consideravelmente, assim também aumentaram as soluções do Sebraetec voltadas para este tema. “Com o lançamento de novos projetos como o Up Digital; a parceria com o Magazine Luiza, o Sebraetec está sendo muito demandando, contudo, em alguns estados o número de prestadores de serviços para digitalização dos pequenos negócios ainda está baixo. Esse momento é bastante oportuno para que empresas especializadas nesse tema se credenciem no Sebraetec”, comenta Arthur Carneiro.

A proposta do Sebraetec é fortalecer a capacidade competitiva dos pequenos negócios, estimulando a transferência de tecnologia entre instituições e empresas. A intenção é fazer com que os empreendimentos possam superar suas limitações e barreiras tecnológicas e estar incluídos em processos de inovação e na digitalização. Dentre os serviços oferecidos estão a prestação de consultoria tecnológica, serviços metrológicos, avaliação de conformidade (certificação) e prototipagem.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo