LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

6/29/2020

Nordestinos são homenageados em novo programa de TV


Empreendedorismo nordestino é tema de novo programa de televisão

Atração conta com comentários políticos e econômicos de Eduardo Negrão, consultor e autor de livros sobre geopolítica


Enfatizar o empreendedorismo nordestino, rompendo estereótipos, "e mostrar em rede nacional a força dos 53 milhões de nordestinos". Este é o objetivo principal do novo programa “Brasil Nordeste”, que vai ao ar pela TV Com Brasil – disponível nas principais operadoras de televisão por assinatura, como Oi, Claro, Vivo e Sky. 

A atração é conduzida pelo jornalista carioca Sandro Moura, com a participação do radialista pernambucano Marcelo Jorge. O consultor Eduardo Negrão participa, de São Paulo, com comentários na área política e econômica. Ele é autor dos livros "Terrorismo Global" e "México pecado ao sul do Rio Grande", ambos publicados pela Scortecci Editora.

Eduardo Negrão
Eduardo Negrão é jornalista, graduado pela PUC-SP; já trabalhou na Folha de S. Paulo e na extinta TV Manchete. Depois, migrou para o marketing político, atuando em campanhas em São Paulo, Goiás, Rio Grande de Sul e Rio de Janeiro. Também é professor universitário.

ORIGEM NO RÁDIO

O "Brasil Nordeste" na TV surge a partir do sucesso do "Falando com o Nordeste", programa de rádio veiculado em 25 emissoras da região. A exibição na televisão é diária, das 12h às 12h30.

O programa é mais uma iniciativa da “Brasil Nordeste Comunicação”, dirigida por Sandro Moura. Além da atração televisiva e do programa de rádio, o empreendimento comunicacional conta ainda com um portal de notícias e opiniões (www.brasilnordeste.com).

SERVIÇO:
Programa Brasil Nordeste, na TV Com Brasil
Canais 28 na Sky e Oi TV; Canal 03 nas TVs Claro e Net; e canal 239 na GVT TV e TV Vivo.
Whats: (011) 97100-3564.
E-mail: tv.rightwing@gmail.com

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo