ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

5/23/2020

Ver e não crer

Nos dias que correm, muitos dos ditados foram ultrapassados pelo facto de deixarem de fazer sentido, como por exemplo aquele que diz "ver para crer" que, segundos uns, surgiu com os filósofos da Grécia Antiga e, segundo outros, teria surgido com o Cristianismo, designadamente com o apóstolo Tomé que só vendo os milagres de Jesus acreditou neles.



Os aforismos ou ditados populares sempre foram muito apreciados pelo facto de dizerem muito em poucas palavras.


Porém, nos dias que correm, muitos dos ditados foram ultrapassados pelo facto de deixarem de fazer sentido, como por exemplo aquele que diz "ver para crer" que, segundos uns, surgiu com os filósofos da Grécia Antiga e, segundo outros, teria surgido com o Cristianismo, designadamente com o apóstolo Tomé que só vendo os milagres de Jesus acreditou neles.


Hoje em dia já nem vendo podemos ter a certeza de algo ser o que aparenta ser, incluindo mesmo a nossa própria imagem em foto ou até mesmo em vídeo onde discursamos para uma plateia em defesa da pena de morte que sempre repudiamos.


Clique no link abaixo e em apenas 1 minuto e 40 segundos, assista ao vídeo e depois diga como eu...


Há coisas do carago!


Ver e não crer



--------------------------------------------------


COMENTÁRIOS NO FACEBOOK


Alba Maria Fraga Bittencourt
Nossa, essa é mesmo do carago, pá! 🙂
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo