LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

5/30/2020

Sebrae Like a Boss revela empresas vencedoras durante Startup Day 2020


Duas empresas de São Paulo e uma do Rio Grande do Sul foram as escolhidas entre as 63 selecionadas em todo o país


As três startups vencedoras do Desafio Sebrae Like a Boss foram anunciadas neste sábado (30), durante o Startup Day, realizado simultaneamente em todo o país. As empresas escolhidas foram a Predify e W3.Care, ambas de São Paulo, que ficaram em primeiro e terceiro lugar respectivamente; e a e Ubots, do Rio Grande Sul, a segunda colocada. O evento é uma competição de startups, realizada em diversas etapas, onde os empreendedores são avaliados por uma banca avaliadora, e que conta com a presença de investidores, aceleradoras e grandes empresas.

A Predify, que ficou na primeira colocação, utiliza a Inteligência Artificial (IA) Machine Learning e Big Data Analytics para automatizar o processo de precificação de indústrias e empresas do varejo. O objetivo é ajudar empresas a adotarem um processo de precificação por meio de dados, no qual todas as variáveis são importantes. Para isso, fizeram uma integração com diversos ERPs (Enterprise Resource Planning) em inglês, ou Sistema de Gestão Empresarial. A segunda empresa premiada foi a Ubots que aplica a inteligência artificial para gerar eficiência e excelência no relacionamento entre marcas e pessoas. Para isso, disponibiliza um SaaS (Software as a Service), que é uma solução de tecnologia por meio da internet.

A terceira startup escolhida no Sebrae Like a Boss foi a W3.Care, também de São Paulo, que utiliza a telemedicina e inteligência artificial para suporte, comunicação e gestão dos dados em tempo real, para unidades de saúde e ambulâncias, priorizando o atendimento do trauma físico e infarto agudo.

As três startups receberão sessões de mentoria nos temas: conhecendo seu mercado, comunicação e estratégia e Smart Money. A primeira delas ainda será contemplada com um pitch deck para captação de investimento.

O Demoday este ano aconteceu de forma virtual em função do distanciamento social, provocado pela a pandemia do coronavírus. A competição reuniu representantes de várias partes do país, sendo que cada estado indicou representantes, o que totalizou 63 empresas na primeira fase. Na segunda etapa, foram relacionadas 10 startups que apresentaram seus pitches de forma online pela plataforma para uma banca nacional de especialistas. O evento é uma forma de buscar captação de investimentos e de conectar as startups a possíveis investidores e conferir visibilidade aos negócios por meio dos estandes virtuais.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo