ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/23/2020

CORONAVIRUS: Onde está o seu foco?


Por: Vanise Perez*

Em tempos de pandemia, um alerta para direcionarmos nossa atenção à vida e ao melhor que podemos extrair dela

Com a pandemia do novo Coronavírus, estou vendo um movimento de pânico, medo, terror e outros sintomas que não os físicos. Esses sentimentos são naturais quando nos deparamos com o desconhecido, no entanto não criam anticorpos para conter a infecção e, pelo contrário, abrem campo para instabilidades emocionais que podem levar à baixa imunidade e a diversas doenças.

O que, efetivamente, você está fazendo hoje para se tornar mais imune a essa gripe? Espero que todas as recomendações das organizações de saúde, mas além de lavar bem as mãos, evitar aglomerações e ficar de quarentena, caso tenha tido contato com algum infectado, dá pra fazer mais alguma coisa? Dá sim, e não apenas para evitar o Covid-19, mas transformando hábitos para um estilo de vida saudável e sustentável você fica pronto para qualquer novo fenômeno.

Independentemente da crise do momento, seja ela política, social, ou de saúde mundial, cabe a cada ser humano aprender algo novo com a situação. As adversidades vêm e vão constantemente e nós temos que nos adaptar a elas. E quanto melhor nos prepararmos física, emocional e mentalmente, mais fácil será vencer as batalhas diárias da vida.

Como consultora de mindfulness e instrutora do DeROSE Method, o que eu adoto, ensino e recomendo é cuidar de todas as áreas que compõem a nossa vida. Mas cuidar porque é necessário e prazeroso e não somente numa situação de caos.

Corpo, mente e emoções

Em relação ao corpo, boa alimentação é importante, mas só ela não é suficiente. É preciso ter um sono de qualidade, para acordar energizado, e fazer atividade física no dia a dia. Nesse momento, é possível fortalecer os músculos com exercícios simples dentro de casa ou sair para uma corrida ou caminhada em local aberto, sem contato próximo com outras pessoas. Isso prepara a nossa máquina para enfrentar diferentes batalhas.

Quanto ao emocional, o cuidado está em nutrir bons relacionamentos, sentimentos construtivos e, principalmente, de gratidão pelas oportunidades que a vida nos oferece. É fundamental também tomar consciência das nossas emoções para poder mudá-las, caso seja necessário. Para isso, uma ferramenta excelente é o treinamento de técnicas respiratórias, mesmo que por alguns minutinhos por dia. A Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) já identificou um circuito neural que nos deixa ansiosos quando respiramos rapidamente e estáveis quando respiramos devagar.

Em relação à mente, devemos treiná-la com técnicas de meditação e mentalização e focar nos nossos objetivos. Para o dia a dia, vale trabalhar um mindset de resiliência, para se adaptar ao que for necessário, e planejar o presente e o futuro baseando-nos naquilo que queremos sentir na vida, para rumar na direção do real propósito. E se você ainda não sabe qual é o seu, pode aproveitar o momento de reclusão forçada para refletir sobre o que você deseja entregar para o mundo.

A vida é agora

O importante é viver bem e aproveitar ao máximo o momento presente, afinal de contas não sabemos sobre dia de amanhã. Hoje a aflição é por conta do Coronavírus, amanhã pode ser outro problema descomunal. E se o mundo for acabar a qualquer momento, você prefere passar seus últimos instantes ansioso e com medo ou desfrutando o agora, com seus filhos, seu cônjuge, seus amigos? Esses “problemas” que estão te deixando ansioso valem sua preocupação?

Lembre que com toda crise vem uma oportunidade. E essa pode ser a sua para rever seus hábitos e estilo de vida, adotar práticas para se manter mais consciente e presente, descobrindo ferramentas poderosas como a respiração e a meditação, para manter corpo e mente em níveis altos de saúde e estabilidade emocional.

Vanise Perez*
Consultora do programa DeRose Life Consulting e do Mindfulness Design, Vanise é empreendedora do DeROSE Method há 14 anos. Especializou-se em meditação, mindfulness, inteligência emocional, qualidade de vida e gerenciamento do stress. É proprietária da Escola DeRose Cambuí, em Campinas, que já atendeu mais de mil alunos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo