ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

11/22/2019

Vamos falar sobre o dia do músico?

Ignacio Salvati
Saiba a importância dessa profissão que dá sons aos nossos dias e o que os profissionais da música andam fazendo.

Hoje, 22, é comemorado o Dia do Músico, destes profissionais que são responsáveis por darem “vida” as histórias, através de melodias e harmonias que traduzem sensações e sentimentos. Em qualquer momento do nosso dia, as trilhas sonoras se fazem presente. Independente do estilo musical escolhido, a vida é acompanhada por alguma sonoridade, ritmo, letra, batuque, seja ela animada, triste ou até mesmo saudosista. A música tem o poder de transportar as pessoas para algum momento específico.

Mas vale destacar que saber manusear um instrumento não torna ninguém músico. Músico é aquele que viva da música, seja compondo, tocando, cantando ou nos bastidores, produzindo e criando produtos musicais. Ignacio Salvati é um deles, ele é idealizador da Catarse Produções Sonoras, arranjador e compositor e respira música. “Quando não estou compondo, estou dando vida as composições de outros colegas, seja produzindo, mixando e masterizando algo em estúdio. Também desenvolvo material para campanhas publicitárias, trilhas, jingles e spots”.

A produtora, nasceu em um mercado 100% digital criando áudio para o mercado publicitário, projetos em parcerias com produtoras de vídeo, agências de publicidade e artistas independentes. Agora, Ignacio Salvati está envolvido com a produção de cinco lives sessions com artistas da cena independente. Primeiro, ele selecionou estes artistas, em seguida produziu um evento na Estação Rio Verde e separou toda a verba arrecadada para investir na gravação das lives, gerando material diferenciado para as plataformas de streaming.

As pessoas mudaram a maneira de consumir música e através da mobilidade, é imprescindível termos a parte visual e sonora caminhando juntas. As lives sessions são prova viva disso e tornaram-se uma alternativa atraente e funcional para expor e apresentar um trabalho musical independente. Por enquanto, O Grande Grupo Viajante, Lina Tag e Zé Pereira já entraram em estúdio para registrar o seu material em parceria com a Catarse Produções Sonoras.

Para ser músico é preciso estudar muito e transitar por todos os estilos, sem pré-conceitos. Afinal, somente através de muita técnica e de muito estudo é que os profissionais conseguem imprimir personalidade e ritmo a quase tudo que existe. “A música toca corações, marca momentos e transmite mensagens e sentimentos que a palavra não consegue. Acredito que a vida sem música seria muito menos divertida e talvez mais ambígua” – finaliza Ignacio Salvati, idealizador da Catarse Produções Sonoras, produtor musical, arranjador e compositor.

Sobre a Catarse Produções Sonoras:  Utilizando-se de forte expressão musical, a Catarse Produções Sonoras entra em cena criando produtos e dando voz para marcas e artistas independentes. No mercado há quase dois anos, a produtora nasceu em um mercado 100% digital criando áudio para o mercado publicitário, projetos em parcerias com produtoras de vídeo e artistas independentes. Para esse último cenário, tem como meta criar uma plataforma para que as pessoas possam garimpar e conhecer novos sons e artistas da cena independente brasileira. Para isso, produzirão uma série anual de Live Sessions organizadas em programas quinzenais fomentando a cena independente. Saiba mais em: www.produtoracatarse.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário