ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

9/12/2019

Saiba o que é distorção de imagem corporal. Segundo a especialista Katherine Maurente, quem sofre com o mal tem repulsa do próprio corpo


Muitas pessoas não são capazes de enxergar o corpo de forma adequada e realista, criando uma distorção de imagem, um problema sério que precisa ser tratado.

Formada em Enfermagem e cursando Psicologia, Katherine Maurente diz que a distorção de imagem corporal é uma visão irrealista de como a pessoa vê seu próprio corpo. É preciso ficar atento aos sintomas e causas, segundo a profissional de saúde:

Sintomas:
- a insatisfação com o corpo é tão grande que há repulsa de si mesmo
- comentários contínuos da insatisfação como: “ estou gorda” ou “ estou muito magro”
- fobia social
- depressão
- baixa auto estima
- uso de medicamentos impróprios, laxantes...
- exercícios ao extremo

Causas:
- Existem muitos fatores entre eles é quando a pessoa coloca para o externo culpas e traumas que não consegue explicar
- geralmente na adolescência a mudança do corpo gera essa ansiedade e pode vir a gerar o transtorno
- tratamento depende do grau que a pessoa esteja. O melhor é procurar um psiquiatra e um psicólogo para ajustar o tratamento de acordo com a pessoa.

Por propagarem um modelo padrão de beleza, os meios de comunicação, de certo modo, ajudam a causar a doença.


"Influencia muito, pois as pessoas assim tendem a se comparar mais, daí gera a insatisfação de não ser igual", pontua Katherine.

Para ajudar as pessoas que sofrem com o transtorno, é preciso que não haja julgamentos com as mesmas. Saber ouvir pode ser um grande aliado.

"O ideal é saber respeitar o que ela esta sentindo, não julgar e não tentar ajudar falando frases motivacionais, que as vezes piora, pois gera uma culpa e uma ansiedade muito maior. Devemos apoiar, ouvir e se fazer presente preservando a particularidade de cada individuo", completa.

Sem comentários:

Enviar um comentário