ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

9/02/2019

Dia do Profissional de Educação Física revela quais são as três áreas em alta na profissão


O Dia do Profissional de Educação Física é comemorado nesta semana e ganha cada vez mais visibilidade, visto que a preocupação com o bem-estar e os cuidados com a saúde fizeram com que esse profissional se tornasse cada vez mais requisitado no mercado de trabalho dos dias de hoje.

Com o aumento do número de academias no Brasil e uma mudança de postura em relação a hábitos mais saudáveis dos brasileiros, ele ganhou alguns espaços importantes e manteve posições de destaque. Para saber onde seguir na carreira, o Quero Bolsa levantou quais são os segmentos desse mercado que se encontram em alta, de acordo com a Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop).

Educação
Em primeiro plano, o campo da Educação continua em alta. Trabalhar como professor em escolas do Ensino Fundamental e Médio, tanto na rede pública quanto no particular, ainda é uma opção com muitas vagas para quem concluiu o curso de Licenciatura. Aqueles que pretendem fazer mestrado e doutorado podem ainda dar aulas em universidades e alcançar salários ainda maiores.

O salário médio de quem é formado em Educação Física, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2018, é de R$1.547,49 no Brasil.

Saúde
Outra área que mostra um número cada vez maior de postos de trabalho no mercado de Educação Física é a da Saúde, junto às políticas públicas em seus diferentes níveis de atenção. O trabalho é voltado para melhorar a qualidade de vida das pessoas e pode ser feito em conjunto com outros profissionais como fisioterapeutas, assistentes sociais e psicólogos, bem como programas relacionados ao SUS (Sistema Único de Saúde) e ao Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).

Prestação de serviços
A prestação de serviços em atividade física também aparece como uma área da Educação Física em ascensão nos últimos anos. Por isso, profissionais que atuam com assessoria e consultoria esportiva entraram em cena. Eles trabalham com um treinamento mais personalizado e de acordo com as necessidades de cada pessoa. A ideia é atender pessoas que buscam um melhor desempenho e uma atenção maior na realização de exercícios para alcançar seus objetivos.

Mesmo com a formação completa na área de Educação Física, é importante lembrar que, em todas essas áreas de atuação, a inovação em serviços, processos, técnicas e relacionamentos passa a ser uma condição fundamental para a inserção e o sucesso do profissional no mercado de trabalho.

Sem comentários:

Enviar um comentário