ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/23/2019

Próximo Álbum de OTTO - Primeiras Informações

Otto na Rádio Tropical Trasnforma | Créditos: Kirah van der Lemon

DURANTE ENTREVISTA NA RÁDIO TROPICAL TRANSFORMA, OTTO DIZ QUE ESTÁ PRODUZINDO SOZINHO O PRÓXIMO ÁLBUM, NO ESTILO “GARAGE BAND”

Cantor dá entrevista exclusiva em Goiânia, na Casa Tropical Transforma, durante o festival Bananada, para rádio em formato de canal no Youtube e podcast em streaming; episódio será lançado dia 21 de agosto

O cantor Otto participou do podcast Tropical Transforma em entrevista gravada na última semana durante o festival Bananada, em Goiânia – GO. Otto falou, com exclusividade, sobre o próximo álbum, que está em produção, e deu seu ponto de vista sobre a atual cena da música brasileira, e os movimentos que vêm acontecendo ao redor do país. O episódio foi lançado hoje no Spotify, e pode ser acessado pelo link < https://open.spotify.com/episode/1WW9NDsTGtj04MnYW1e4Nk >.

Em sua participação, Otto fala do Norte do país como um grande pólo criativo de música, e indica o cantor Felipe Cordeiro como alguém que deve ser ouvido. Também diz que está em produção do novo álbum: “Estou produzindo um álbum novo. Pupilo [do Nação Zumbi] foi o produtor dos meus últimos álbuns, e desde o começo do ano estou trabalhando sozinho, o que me dá a liberdade de mostrar uma música realmente feita por mim, no estilo Garage Band. Eu que estou produzindo na minha casa; é bastante particular, e estou colocando pela primeira vez para os outros ouvirem. São 23 músicas que se traduzem num desconforto meu com a vida e com a música”, comenta.

O podcast é parte da plataforma Tropical Transforma, da Devassa, que contará com uma série de ações ligadas a música, e tem como objetivo dar voz e palco ao que chama de nova ‘música tropical brasileira’, além de ser um canal aberto de conteúdo e reflexões sobre todas essas transformações culturais. Com apresentação de Luciano Matos (curador e produtor do Festival Radioca), o podcast gravou, durante todos os dias de Bananada, com convidados especiais – além de Otto, Rodrigo Alarcon, Josyara, Tulipa Ruiz, Romero Ferro, Feminine HI-FI, Ekena e Mel -, o que gerou um conteúdo especializado em música brasileira. Os episódios com esses artistas serão lançados em breve.

Além do Bananada, o podcast ganhará uma estrutura móvel de rádio que circulará por outros quatro festivais regionais, e gravará com outros nomes importantes da música, se estabelecendo como um conteúdo cultural e o mais abrangente e enriquecedor possível; buscando apresentar um cenário aprofundado da música brasileira. Os demais festivais por onde a estrutura móvel passará são: SARARÁ (Belo  Horizonte- MG),  SERASGUM (Belém – PA), RADIOCA (Salvador – BA), DOSOL (Natal – RN) e WEHOO (Recife – PE).



Sobre o Grupo HEINEKEN no Brasil
O Grupo HEINEKEN chegou ao Brasil em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA e, em 2017, adquiriu a Brasil Kirin Holding S.A ("Brasil Kirin"), tornando-se o segundo player no mercado brasileiro de cervejas. O Grupo gera mais de 13 mil empregos e tem 15 unidades produtivas no país, sendo 12 cervejarias, localizadas em Alagoinhas (BA), Alexânia (GO), Araraquara (SP), Benevides (PA), Caxias (MA), Igarassu (PE), Igrejinha (RS), Itu (SP), Jacareí (SP), Pacatuba (CE), Ponta Grossa (PR) e Recife (PE), duas micro cervejarias em Campos do Jordão (SP) e Blumenau (SC) e uma unidade de concentrados para refrigerantes em Manaus (AM). No Brasil, o portfólio de cervejas do Grupo HEINEKEN é composto por Heineken, Sol, Amstel, Kaiser, Bavaria, Eisenbahn, Baden Baden, Devassa, Schin, Glacial, No Grau e Kirin Ichiban. O portfólio de não alcoólicos inclui Água Schin, Schin Tônica, Skinka e os refrigerantes Itubaína, Viva Schin e FYs. Com sede em São Paulo, a companhia é uma subsidiária da HEINEKEN NV, a maior cervejaria da Europa.

Sem comentários:

Enviar um comentário