ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/25/2019

Instituto Abrapalavra promove "Sons da Cidade - Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte", entre os dias 04 e 06 de setembro

Diego Salvetti participa do Sons da Cidade - Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte-Central do Violão 

Com programação gratuita, o projeto "Sons da Cidade - Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte" será realizado entre os dias 04 e 06 de setembro, no Conservatório de Música da UFMG. A proposta é aproximar o público da produção musical autoral de Belo Horizonte, promovendo um diálogo com músicos e musicistas convidados, incluindo atrações internacionais.

Promovida pelo Instituto Abrapalavra, a “Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte” apresenta uma programação voltada para evidenciar a produção musical contemporânea produzida a partir de um dos instrumentos mais populares da música, o violão, considerando todas as suas variações. Dessa forma, a mostra busca destacar e dar espaço ao trabalho autoral de artistas da cena instrumental. Além de promover apresentações e o diálogo a respeito do processo de composição ao violão,  a programação ainda incentiva a troca entre público e os músicos convidados por meio de uma série de atividades como workshops e as rodas de conversas. Entre as atrações estão artistas da cena musical local e internacional.

Com uma programação inteiramente gratuita que inclui apresentações musicais, recitais e atividades educativas como rodas de conversa, bate-papos e workshops, a Mostra será inteiramente realizada no Conservatório da UFMG (Av. Afonso Pena, 1534). Na noite de abertura, no dia 04/09 às 19h, o evento contará com um recital do violonista mineiro, Lucas Telles, que, com o violão 7 cordas apresentará o repertório do seu mais novo CD intitulado “Outono”, lançado em agosto. O álbum traz uma leitura contemporânea do compositor com destaque para a utilização de gêneros brasileiros com influências de diferentes sonoridades, como jazz e a música erudita instrumental.

Em seguida, a partir das 20h, o violonista argentino Conrado Paulino apresenta uma linguagem harmônica e moderna, que une virtuosismo e sensibilidade. A apresentação de Paulino é um convite ao público para conhecer o trabalho de um artista que carrega um traço musical marcado pelo hibridismo da música brasileira e da linguagem jazzística aliados à infinidade de recursos oferecidas pelo violão clássico.

Dando sequência a programação, na quinta-feira (05/09), a partir das 19h, serão promovidas três apresentações musicais. A primeira será o lançamento do CD “Recital Mineiro - obras de Carlos Alberto Pinto Fonseca e Arthur Bosmans”, interpretado por Celso Faria. Radicado em Belo Horizonte, o violonista é uma referência na música, realizando apresentações solos em diferentes formações camerísticas e também com orquestras.

Logo mais, às 19h30, a Mostra Internacional de Narração Artística recebe uma participação mais que especial do professor e violonista José Lucena, que celebra 75 anos em 2019. O Violonista José Lucena Vaz possui uma extensa e rica trajetória na música brasileira e mineira, sendo o responsável por introduzir o primeiro curso de violão em uma universidade pública nacional, na Universidade Federal de Minas Gerais, em 1976, tendo atuado na formação de inúmeros músicos de prestígio e de reconhecimento nacional e internacional. Em sua apresentação, Lucena fará um recital composto por importantes peças do violão brasileiro.

Na última apresentação da noite de quinta-feira, às 20h, o violonista italiano Diego Salvetti apresenta “Alma Latina”, um recital em violão de oito cordas que carrega a mistura cultural e sonora entre Brasil e Europa. O músico também lançará o livro com DVD “Técnica para violão: estudos, exercícios e peças”, uma coletânea ideal para interessados no conhecimento musical aprofundado.

Encerrando a programação de apresentações, na sexta-feira (06/09), o Conservatório da UFMG recebe, às 19h, o multi-instrumentista paranaense André Siqueira, que está lançando seu mais novo trabalho, o CD “Solo”, um álbum com arranjos de música brasileira para violão e violão barítono. A apresentação também conta com revisitações de faias de seus dois trabalhos autorais antecessores, “Lithos” e “Catamarã”.

Fechando a programação da Mostra, às 20h, será uma apresentação da grande violonista franco-venezuela Eloudie Bouny. Orquestradora e produtora artística, Elodie é uma artista completa, traduzindo para seu violão a personalidade e sensibilidade musicais que foi construindo ao longo de anos de convivência com grandes nomes da música para esse instrumento. Doutora em Composição, sendo das poucas mulheres no Brasil com sólido e constante trabalho de criar peças para o violão, Elodie revisitará o seu CD Terra Adentro, com o recital “Reflexos” que ilustra bem todas as influências desde à música americana, latina e brasileira nas suas composições.

PROGRAMAÇÃO EDUCATIVA

A programação da “Sons da Cidade - Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte”, também conta com atividades educativas gratuitas, voltadas para a discussão, aprofundamento no conhecimento musical e reflexão a respeito do cenário da música em Minas e no Brasil.


Alessandro Soares participada da programação de 'Sons da Cidade - Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte'-Elisa Gaivota 

Na quinta-feira, às 09h, a Mostra promove o workshop “Acervo digital do Violão brasileiro, com Alessandro Soares”. O convidado ministrará uma palestra que abordará as plataformas digitais como formas alternativas de comunicação em rede e também de produção, promoção de acervos culturais e acessibilidade. A será atividade mediada pela compositora e musicista Deh Mussulini.

Já às 17h, será realizado um bate-papo com Diego Salvetti e Conrado Paulino, com o objetivo de apresentar ao público um pouco do know-how musical e das pesquisas na área realizadas pelos violonistas, aprofundando em suas histórias e referências. O encontro tem mediação da musicista e pesquisadora Letícia Bertelli.

A tarde de sexta-feira também conta com uma atividade educativa com Elodie Bouny e André Siqueira, ambos artistas que se apresentam no dia. A partir das 17h, no Conservatório da UFMG, a violeira e pesquisadora da música brasileira Letícia Leal, mediaria uma conversa entre os dois músicos, com o objetivo de apresentar ao público as bases teóricas e empíricas estudadas por ambos no processo de criação e composição de suas obras.

Programação “Sons da Cidade - Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte”

De 04 a 06 de setembro de 2019

04/09 - Quarta-Feira
19h – Recital - Lucas Telles (MG)
Com o violão 7 cordas, Lucas irá apresentar o repertório do seu mais novo CD intitulado “Outono” - que traz uma leitura contemporânea do compositor com destaque para a utilização de gêneros brasileiros com influências de diferentes sonoridades como jazz e música erudita.

20h - Recital - Conrado Paulino (Argentina)
O argentino fará um concerto de lançamento de seu novo CD “A canção brasileira” que também dá título à sua apresentação. O trabalho faz uma reverência à canção brasileira, assumindo o desafio de verter para violão-solo composições que são originalmente cantadas.

05/09 - (Quinta-feira)
09h – “Workshop - Alessandro Soares Acervo digital do violão brasileiro”
Tema: O violão brasileiro: Memória, produção atual e mídia
Mediação: Deh Mussulini - Compositora e musicista

17h - Roda de Conversa com Diego Salvetti e Conrado Paulino
Mediação Letícia Bertelli - Musicista e pesquisadora
Um bate-papo com o objetivo de apresentar um pouco sobre a pesquisa musical dos violonistas, suas referências, além de histórias e curiosidades

19h - Recital - Celso Faria (MG)
Celso lançará o CD “Recital Mineiro - obras de Carlos Alberto Pinto Fonseca e Arthur Bosmans”.

19h30 - Recital - José Lucena Vaz (MG)
O músico e professor Lucena irá apresentar um recital composto por importantes peças do violão brasileiro.

20h - Recital - Diego Salvetti (Itália)
Com o recital “ Alma Latina”, no violão de 8 cordas,  Diego apresenta uma mistura cultural entre Brasil e Europa. O músico também lançará o Livro “Técnica para violão” coletânea de estudos, exercícios e peças.

06/09 - (Sexta-feira)
17h - Roda de Conversa – “Elodie Bouny e André Siqueira”
Mediação: Letícia Leal - Violeira e pesquisadora da música brasileira
Um bate-papo com o objetivo de apresentar ao público um pouco da pesquisa musical dos violonistas, suas referências e histórias.

19h - Recital - André Siqueira (PR)
No Concerto, o multi-instrumentista lançará seu mais novo trabalho, o álbum “Solo”, com arranjos de música brasileira para violão e violão barítono.

20h - Recital - Elodie Bouny (França)
Elodie apresenta o Violão instrumental a partir de repertório autoral e divulgação do seu último CD “Terra Adentro”.

Ficha Técnica:
Realização: Instituto Cultural Abrapalavra
Curadoria: Fernando Chagas e Carlos Walter
Produção: Aline Cântia e Chicó do Céu
Assistentes de Produção: Tatiane Soares, Paula Libéria, Isabel Miranda e Sheila Oliva
Arte e Ilustração: Anna Cunha
Transporte: Luiz Souza
Técnica: Rafael Dutra


SERVIÇO:
Instituto Abrapalavra promove “Sons da Cidade - Mostra Internacional de Violão de Belo Horizonte”
Datas: 04 a 06 de setembro - quarta, quinta e sexta-feira
Local: Conservatório da UFMG (Av. Afonso Pena, 1534/Entrada acessível pela Rua Guajajaras, 100 – Centro, Belo Horizonte-MG)
Ingressos: Entrada franca mediante retirada de ingresso com 30 minutos de antecedência
Espaço sujeito à lotação
Sobre o Instituto Abrapalavra - www.institutoabrapalavra.com.br
O Abrapalavra nasceu de um encontro de vozes. A narradora de histórias Aline Cântia e o músico Chicó do Céu se conheceram em meados de 2006, em Belo Horizonte, e iniciaram uma caminhada pelo Brasil. Viajaram por três meses, de Belém a Salvador, passando pelo sertão e trocando hospedagem e alimentação por apresentações artísticas, oficinas e trocas de saberes com as comunidades. Esta foi a primeira vivência da dupla que, na volta para casa, começou a conhecer o profundo universo da narração oral e da memória social. Produziram espetáculos, descobriram outros narradores, participaram de vivências e encontros até o dia que resolveram assumir o desejo de viver da arte e por ela.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

MÚSICA LUSÓFONA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil