ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/15/2019

Conheça os bartenders que participarão do III Concurso Nacional de Rabo de Galo

Legenda: Drink campeão da edição 2018

No evento, que acontecerá em 19 de agosto, no Leques Brasil Hotel Escola, no bairro da Liberdade, bartenders de todo o país irão apresentar receitas inéditas – com direito a degustação gratuita de Cachaças

A 3ª edição do Concurso Nacional do Rabo de Galo está chegando e os bartenders totalmente preparados. Neste ano, o evento acontecerá em 19 de agosto, das 13h às 20h, no Leques Brasil Hotel Escola, na rua São Joaquim, 216, no bairro da Liberdade, em São Paulo. A entrada será 1kg de alimento não perecível. Para mais informações, acesse: www.instagram.com/rabodegalo.oficialbrasil/.

No total, serão 44 profissionais participantes. O estado de São Paulo terá 36 bartenders, seguido pelo Rio de Janeiro com 4, Rio Grande do Sul com 3 e Minas Gerais com 1 representante. Conheça a lista completa:

São Paulo
- Alex Azarias
- Alexandre Silva Ferreira - Hotel Transamerica
- Alexandre Oliveira - Benzina
- Alexsandro Feitosa - Restaurante Garjos
- Alcebíades Carvalho – Lelui Bar e Cozinha
- Bianca Lima – Caulí
- Caique Alves da Silva - Lentrecôte de Paris
- Cássio Euzébio da Silva – Balaio
- Claudiunísio Ferreira - Café Journal Oficial
- Daniel do Anjos - The Juniper 44
- Diego Von - Rota do Acarajé
- Ednardo Medeiros - Bottled Dog
- Eduardo Gondim - Casa Cinza
- Felipe Leite Vasconcelos
- Fernando Mesquita - Banqueta Bar
- Fernando Spolaor - Trabuca Bar
- Israel Galdino – DuButcher
- Jimmy Alves – Redwood
- Junior Maia – Teus Restaurante
- Letícia Felix - Casa Haw
- Lidiane Lost – BBQ Company House
- Luciana Oliveira – Ginteria
- Luiz Claudio Simões - Bitter Bar
- Marina Massoco – Benzina
- Mônica Silveira
- Paulo Carvalho - Mocotó Bar e Restaurante
- Pedro Vinicius – Umbar Drinks
- Rafael de Oliveira – Guarita Bar
- Rafael Domingues Sebastiana - Frank Bar
- Roberta Gonzales – Espetaria Perobah
- Rodrigo Oliveira – Balaio IMS
- Rodrigo Sepulveda – Mamaggiore Pizza Bar
- Royter Correia - Soul Botequim
- Saulo Rocha - Guarita Bar
- Tiago Costa - L4L
- Victoria Quandt Valentim – Espaço 13

Rio de Janeiro
- Alexandre Ferreira - Ipanema 159
- Leo Peralta – Shake Speakeasy Bar
- Lucas Lima Rodacoski - Must Bar
- Walter Garin – Shake Speakeasy Bar

Rio Grande do Sul
- Ingrid Shindo - Caracol Bar
- Leandro José Rodrigues – Rosario Pesto Lounge
- Rafael Camara dos Santos - Bar Vasco

Minas Gerais
- Gustavo Ferreira Costa - MG

O Concurso Nacional de Rabo de Galo foi idealizado por duas referências mundiais do segmento: o primeiro é Derivan Ferreira de Souza, conhecido como Mestre Derivan, e o segundo, seu “braço direito”, o bartender Daniel Júlio.

Em 2018, o evento foi um verdadeiro sucesso e movimentou a capital paulista. Foram mais de 40 bartenders de todo país inscritos e que prepararam receitas inéditas da bebida. O público pôde acompanhar a disputa ao mesmo tempo que degustava gratuitamente as Cachaças expostas no evento.

Neste ano, o concurso conta com o importante patrocínio do IBRAC – Instituto Brasileiro da Cachaça – e apoio da Cúpula da Cachaça, Confraria Paulista da Cachaça, Escola da Cachaça, Viva Cachaça, Bartender Store, Cachaciê e Solution.

A história do Rabo de Galo    

A trajetória do cocktail teve início na cidade de São Paulo com a chegada de uma fábrica de bebidas, nos anos 50. A indústria queria atender os anseios alcoólicos dos imigrantes italianos, no entanto, estes consumidores, encantados pela Cachaça, deixaram de consumir o Vermute para apreciar o “ouro líquido brasileiro”.

Assim, foi criada uma mistura dos dois, com  um copo apropriado, que continha marcação das doses. Segundo relatos, o fundo do copo era mais grosso para aguentar a batida no balcão, na volta do gole. Inclusive, a bebida era para ser chamada de Cocktail, mas a idéia foi rapidamente descartada e substituída pela tradução da palavra, que significa Rabo de Galo.  

O Rabo de Galo, que inicialmente tinha em sua proporção original 2/3 de Cachaça para 1/3 de Vermute, nos dias de hoje não tem uma receita exata e nem há uma técnica fixa de preparo: as bebidas podem ser misturadas num mixing glass com gelo ou no próprio copo de servir. Com essas nuances de preparo, tornou-se o drink mais consumido pela boemia no Brasil.

Conheça o perfil dos organizadores do Concurso Nacional do Rabo de Galo:

Mestre Derival
Derivan Ferreira de Souza começou a estudar coquetelaria e bebidas alcoólicas aos 17 anos. Esteve à frente da direção da ABB - Associação Brasileira de Barmen - e dirigiu a IBA - Associação Internacional de Barmen - como vice presidente para América do Sul.

Trabalhou atrás do balcão de prestigiados bares que marcam a noite paulistana, como o San Francisco Bay, Bistrô, Tanoeiro Bar, Esch Café. Atualmente é consultor de vários bares de prestígio.

Conquistou vários prêmios ao longo de sua carreira, como “O Barman do Ano”,  pela revista Veja SP, e o Prêmio Gula. Publicou cinco livros, sendo o mais recente “A Coquetelaria ao Alcance de Todos”. É um dos organizadores do Concurso Nacional de Rabo de Galo e do Concurso de Caipirinha Paulista no Mercadão de São Paulo para comemorar o centenário da Caipirinha. Para mais informações, acesse no Instagram:@mestrederivan.

Daniel Júlio 
Renomado bartender. Estudou Mixologia Molecular, Mixologia Clássica e Mixologia Brasileira, além de ser um profundo conhecedor de bebidas e de frutas usadas na preparação de coquetéis especiais.

Trabalhou como barman no Bar Número, nos Jardins, ao lado do Mestre Derivan, com Coquetelaria Clássica e Contemporânea. Atualmente, está à frente do Aragon Restaurante, como Chefe de Bar, também localizado nos Jardins. É um dos organizadores do Concurso Nacional de Rabo de Galo e do Concurso de Caipirinha Paulista no Mercadão de São Paulo para comemorar o centenário da Caipirinha. Para mais informações, acesse no Instagram:@djulio-barman.

Sem comentários:

Enviar um comentário