ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/01/2019

Poesia imersiva em novo clipe da Dois Barcos

DoisBarcos-Submerso 

Uma das músicas mais populares da Dois Barcos - já supera os 54 mil plays no Spotify - ganhou um clipe repleto de referências. “Submerso” é uma das quatro faixas presente no EP “Pier” (2018). O lançamento encerra o ciclo do trabalho de estreia e prepara o público para uma série de músicas novas, previstas para o segundo semestre deste ano. Gravado durante cinco dias seguidos, o vídeo foi dirigido por Isabela Moreira, Elisa Monasterio e Gabriel B. Ferreira.

Na tela o que se percebe é um loop infinito de entorpecimento, um sentimento de prisão. Movimentos corporais são marcantes no desenvolvimento da modelo Maria Clara Roque, que dança conforme o movimento da água. Deixando que a levem, que a controlem, como uma morte emocional em vida. Sobre outros significados para o clipe, Elisa Monasterio (guitarra e voz), explica:

“Outra ideia é passar a sensação de achar que os problemas e angústias vem do externo. No fim das contas as angústias vêm de dentro de si mesmo, com as mãos e objetos representando algo externo, para no fim a pessoa compreender que está só, entende a paranoia. O medo consome, não nos deixa enxergar claramente, traz informações pela metade. Ânsia por expressão. Como a água pode tornar-se agitada, sombria e fora de controle. Controlar ou ser controlado”.


A ideia do controle aparece com a própria banda e a sua relação com a melancolia latente em “Submerso”. "Existem momentos de entorpecimentos durante o clipe onde o melancólico começa a se tornar perversamente atrativo. Nós embelezamos e nos alimentamos de nossas tristezas e medos e isso pode se tornar bonito aos olhos", ressalta Elisa.

Entre as referências visuais para o clipe estão Ibeyi (“River”), Ex:Re (“Romance”), Son Lux (“You Don’t Know Me”), e um curta dirigido por Julie Gautier, chamado “AMA”. Cada cena traz um significado e cada elemento no vídeo, da maquiagem, dos cenários, da edição, são inseridos a fim de montar uma mensagem.

Repleto de significados em cada take, a maquiagem da personagem principal também traz uma ideia. Em cada material visual criado pela Dois Barcos, a maquiagem é a alma do projeto. “As maquiagens simbolizam força para adentrar em momentos de transição, auxiliam a passar por aquela etapa. A make celebra e te fortalece na batalha”, define Elisa.

O lado emocional abordado em “Pier”, é representado pela interação entre a água e a terra, elementos fundamentais no esoterismo e ritos do projeto. Para explicitar essa mensagem em “Submerso”, a Dois Barcos incluiu diferentes fontes de água e terra durante o clipe, como piscina, praia e florestas. Foi na edição que o caos proposital foi criado, passando para quem assiste a sensação de perturbação que fica escondida no inconsciente até o copo transbordar.

“Algumas ideias de cena envolvem projeções, sombras, danças macabras e reflexos distorcidos nos vidros. Colocamos também uma pausa (que também casa com a quebra de instrumental da música) pra simbolizar o momento de calmaria que precede os momentos de surto, um último momento de respiração antes de ‘se afogar’ no emocional”, conta Elisa. 

O clipe de “Submerso” é precedido por “Ritual”, criado com o jogo The Sims e que conta com o remix da faixa original, utilizando samples, beats eletrônicos e synths; A faixa “Autonomia”, uma das primeiras a ser compostas pela Dois Barcos, também ganhou clipe. A Dois Barcos é formada por Rafaella Petrosino (baixo e voz) e Gabriel B. Ferreira (guitarra), além de Elisa.

O clipe de “Submerso” foi produzido por Elisa Monasterio e Gabriel B. Ferreira, dupla que também editou e finalizou o vídeo. O roteiro foi escrito por Isabela Moreira, Rafaella Petrosino, além de Elisa Monasterio e Gabriel B. Ferreira. Na direção de arte, estão Matheus Carneiro, Isabela Moreira, Elisa Monasterio e Gabriel B. Ferreira. A captação é de Isabela Moreira, já a maquiagem é de Jéssika Kirchner.

Assista “Submerso”: 
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil