ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

5/11/2019

Seminário em Porto Alegre vai debater o porquê enfrentar o estigma e a discriminação é crucial na resposta à epidemia da AIDS


Por que o enfrentamento do estigma e da discriminação é crucial na resposta à epidemia do HIV e da AIDS? A pergunta será o ponto de partida para as reflexões do II Seminário de Capacitação em HIV – Aprimorando o Debate III, cujo tema é “Estigma, Pânico Moral e Violência Estrutural”, organizado pela Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA). O debate acontecerá nos próximos dias 15, 16 e 17/05, no Centro Cultural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Se houver paralisação de estudantes no dia 15/05, a ABIA informa que apoiará o ato e deverá incluir a atividade na programação da greve. De acordo com a instituição, os temas que serão tratados no seminário integram a agenda da resistência.

O encontro contará com a presença de pesquisadores, gestores e ativistas de várias partes do país. Dentre eles, estão Fernando Seffner da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Simone Monteiro, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz); Roger Raupp Rios, desembargador da Justiça Federal; Célio Golin, presidente do Grupo Nuances; Maria Luisa Pereira de Oliveira, da Rede Feminista de Saúde; Edison Campos, coordenador do Boca de Rua; Betânia Santos, da Associação de Mulheres Guerreiras, entre outros convidados ilustres.

As discussões irão tratar sobre o estigma, o pânico moral e os ataques ao gênero e à sexualidade e a luta contra a AIDS; os fatores da violência estrutural na resposta à AIDS e ainda propõe debater sobre as ações de resistência e o combate ao estigma, ao pânico moral e à violência estrutural.

A abertura oficial do seminário (15/05) será antecedida com o Cine-debate em torno do premiado documentário “Borboletas da vida”, de Vagner de Almeida, produzido em 2006.  O filme levou o prêmio na categoria de melhor documentário no Festival de Cinema Brasileiro em Nova York ao revelar a realidade dos jovens homossexuais que vivem nas periferias das grandes cidades e, portanto, estão expostos à pobreza e a miséria sem a perda da dignidade.

Após a exibição, haverá o debate com o diretor. À noite, os professores Fernando Seffner (UFRGS) e Simone Monteiro (ESNP/Fiocruz) realizam a abertura oficial do encontro.

O Projeto Aprimorando o Debate III prevê a realização de quatro seminários somente nas regiões Sul e Sudeste. O primeiro aconteceu no Rio de Janeiro em março com o tema “Organizações Não Governamentais, Sociedade Civil e Mobilização Social. Depois de Porto Alegre, o próximo será realizado no mês de junho também no Rio de Janeiro com o tema “Prevenção das ISTs/AIDS: Novos Desafios na Quarta Década da Epidemia”. 

Em breve, a ABIA abrirá inscrições para a 3ª edição em junho. O ciclo de seminários do Projeto Aprimorando III se encerrará em agosto quando retornará à cidade de Porto Alegre. O II Seminário de Capacitação em HIV – Aprimorando o Debate III, cujo tema é “Estigma, Pânico Moral e Violência Estrutural” que será realizado nos dias 15, 16 e 17/05 é uma ação da ABIA e conta com o apoio de parceiros locais.

SERVIÇO:
II Seminário de Capacitação em HIV – Aprimorando o Debate III/“Estigma, Pânico Moral e Violência Estrutural”
Data: 15, 16 e 17/05
Horário: confira na programação abaixo
Local: Centro Cultural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Rua Engenheiro Luiz Englert, 333, Porto Alegre/RS)
Contatos: 51-99984-6674
Carmen Augusta

Sobre a autora

Carmen Augusta - Administradora e Redatora do Portal Splish Splash. Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

HOMENAGEM A ROBERTO LEAL

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil