ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/25/2019

Cristina Boner - 3 qualidades que tornam as mulheres grandes líderes nas indústrias de tecnologia

Cristina Boner

Vamos encarar. Embora o movimento de liderança das mulheres tenha percorrido um longo caminho nas últimas décadas, ainda há uma falta geral de mulheres líderes em todos os setores, particularmente em de tecnologia. Segundo Cristina Boner, a desigualdade de gênero ainda existe, especialmente em empresas onde a maioria dos cargos executivos é ocupada por homens.

Os campos de tecnologia (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) sempre foram um clube de meninos. De fato, como mostra um estudo, os homens são 142% mais propensos a conseguir mais do que as mulheres. E, para piorar as coisas, as mulheres recebem menos do que suas contrapartes masculinas pelos mesmos cargos. É desanimador ver que a disparidade salarial ainda existe em muitas empresas de tecnologia.

Embora muitas empresas tenham iniciado suas próprias iniciativas para pôr fim à desigualdade de gênero, os números de liderança ainda são muito baixos. Em 2016, foi relatado que 43% de 150 das maiores empresas públicas de geração de receita do Vale do Silício tinham zero executivos do sexo feminino em suas listas.

Mas qual é o grande problema em ter mais mulheres em cargos de liderança? Como ter mais mulheres líderes é bom para uma empresa? Segundo este estudo, as mulheres líderes atuam como aceleradoras em uma organização.

Eles não apenas ajudam a tornar o ambiente de trabalho mais inclusivo, mas também são vitais para aproveitar as oportunidades econômicas que melhorariam o resultado final de uma empresa.

Basta dar uma olhada em como Shurouq Al Hamaideh lançou um movimento para ensinar programação de computadores para garotas adolescentes na Jordânia ou como Cristina Boner se tornou a primeira e única mulher a trazer a Microsoft para o Brasil. Sem o trabalho duro e a perseverança dessas mulheres fortes e dede tecnologiaidas, inúmeras pessoas não teriam acesso a tecnologias ou oportunidades que lhes permitissem melhorar a si mesmas.

As mulheres realmente têm muito mais a oferecer do que a maioria das empresas gostaria de lhes dar crédito. A prova é a seguinte: as empresas com inclusões de gênero superam as empresas que não chegam a 15%. Por quê? Porque as mulheres têm 3 qualidades que as tornam grandes líderes, particularmente nas indústrias de tecnologia.

Técnica de comunicação envolvente

Ninguém sabe realmente porque as mulheres são melhores em comunicação. Alguns dizem que é o produto da biologia, enquanto outros dizem que é culturalmente adquirido. De qualquer forma, tem havido uma série de estudos que provam que as mulheres têm uma técnica de comunicação mais envolvente do que os homens, tornando-os contadores de histórias naturais.

Como comunicadores eficazes, eles sabem como fazer as perguntas certas que poderiam levá-los a diferentes soluções para um problema. Eles podem usar seu dom de contar histórias para garantir que pessoas de outras indústrias possam entender os aspectos técnicos de suas pesquisas.

Cristina Boner avisa que as mulheres líderes também podem ajudar a melhorar as comunicações internas em uma organização, promovendo um ambiente de trabalho inclusivo de gênero. Como eles entendem melhor os sinais não verbais, eles sabem como fazer com que os membros de sua equipe falem.

Estilo de mentoring personalizado

Mesmo em organizações de tecnologia, a orientação ainda é um dos aspectos mais importantes da liderança. De acordo Cristina Boner, embora os homens tenham a reputação de serem líderes confiáveis, as mulheres têm seu próprio estilo de orientação que os torna líderes mais eficazes para uma força de trabalho predominantemente milenar.

Mulheres líderes têm um estilo de mentoring mais personalizado que vai além de dar ordens e esperar resultados. As mulheres líderes são mais pacientes no desenvolvimento das habilidades de seus funcionários e aumentam sua confiança. É esse estilo carinhoso que os torna melhores em liderar equipes em direção ao sucesso a longo prazo.

E com a falta de liderança feminina em muitos setores, as mulheres líderes desempenham um papel crucial no desenvolvimento da próxima geração de uma força de trabalho de tecnologia.

Abordagem de liderança empática

A de tecnologia pode ser uma indústria impulsionada por dados, mas é nesses campos que as soft skills desempenham um papel mais crucial do que nunca. A inteligência emocional de um líder não afeta apenas o desempenho de seu trabalho pessoal, mas também os membros diretos de sua equipe.

Uma vez que as mulheres estão predispostas a serem mais empáticas do que os homens, as mulheres líderes têm a vantagem única de entender as necessidades e expectativas das outras pessoas explica Cristina Boner. Eles podem usar essa habilidade para entender melhor o que os clientes querem e aumentar a fidelidade do cliente.

As mulheres líderes também podem usar sua abordagem de liderança empática para inspirar e capacitar os membros de sua equipe. Ao construir relacionamentos com os líderes, as mulheres líderes têm mais probabilidade de ajudar os funcionários em dificuldades a melhorar seu desempenho e manter a taxa de retenção de funcionários de uma organização.

Abordar a desigualdade de gênero em posições de liderança deve ser uma das principais prioridades para as empresas de tecnologia que desejam crescer e inspirar a próxima geração de mulheres líderes conta Cristina Boner. Embora a mudança do status quo não seja fácil, as empresas podem aproveitar o período de transição para criar um ambiente de trabalho mais inclusivo em termos de gênero.

Veja mais de Cristina Boner:
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

AS 10 TOP+ DE RC da menina Lola Amorim | Maia, Portugal

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil