ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/11/2019

Copa do Mundo de Futebol Feminino com início a 7 de junho


A Copa do Mundo de Futebol Feminino terá lugar em França e com início no próximo dia 7 de junho. 

O Brasil que vem perseguindo o título de campeão, está englobado no Grupo C e estreia-se no dia 9 de junho ante a Jamaica. No dia 13 a “canarinha” mede forças com a Austrália e, no dia 18, o sempre apetecido Brasil – Itália.

O pontapé-de-saída será dado no dia 7 de junho com o jogo França - Coreia do Sul, em Paris,
A 22 de junho começam as oitavas-de-final. Quartas-de-final a 27 de junho, semifinal 2 de julho. Ainda sem data a final.

Será desta feita que o Brasil logrará o tão almejado título? Brasil que tem em Marta a sua principal estrela aos 33 anos de idade, ela que já foi eleita por seis vezes a melhor jogadora do mundo.

Campeãs da Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA:
Ano - Campeã - Vice-campeã - 3º lugar

1991 - Estados Unidos - Noruega - Suécia
1995 - Noruega - Alemanha - Estados Unidos
1999 - Estados Unidos - China - Brasil
2003 - Alemanha - Suécia - Estados Unidos
2007 - Alemanha - Brasil - Estados Unidos
2011 - Japão - Estados Unidos - Suécia
2015 - Estados Unidos - Japão - Inglaterra

Todos as campeãs da Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA:

3 títulos - Estados Unidos - 1991, 1999 e 2015
2 títulos - Alemanha - 2003 e 2007
1 título - Japão - 2011
1 título - Noruega - 1995

O torneio reúne atualmente 24 seleções femininas a cada quatro anos, para competir pelo campeonato mundial feminino desse esporte. A Copa do Mundo de Futebol Feminino surgiu como ideia dos delegados da FIFA durante a Copa do Mundo de 1986, no México. Um dos mais famosos momentos do torneio e talvez da história do esporte, foi quando Brandi Chastain tirou sua camisa e deslizou de joelhos, mostrando seu sutiã esportivo na comemoração de um pênalti convertido que decidiu a final contra a China em 1999.

As Copas do Mundo Femininas de 1999 e 2003 foram ambas celebradas nos Estados Unidos; em 2003 a China deveria sediar a competição mas foi movida por causa da epidemia de SARS. Como compensação, a FIFA manteve a classificação automática da China para a edição de 2003 e o país asiático ganhou automaticamente o direito de sediar a competição quatro anos depois em 2007.

Na Copa do Mundo de Futebol Feminino realizada em 2011, na Alemanha, o título do Japão marcou a primeira conquista de uma seleção asiática na história do torneio.[1] A partir da edição de 2015, no Canadá, o número de seleções participantes aumentou de 16 para 24. 

                                                                 



Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

O MUNDO CANTA ROBERTO CARLOS

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil