ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12/28/2018

Samuel Caixeta anuncia exposições internacionais para 2019


Jovem artista plástico autodidata fará uma participação em exposição coletiva em março e terá uma mostra individual, ambas em Nova York, no mês de maio

Depois de um ano com agenda lotada e exposições e trabalhos sociais em quatro continentes em 2018, o artista plástico autodidata goiano de apenas 23 anos, Samuel Caixeta, já possui agenda para o próximo ano: ele participará de duas exposições – uma coletiva e uma individual, em março e maio respectivamente e ambas em Nova York, e mais uma individual em São Paulo, também no mês de maio.

Apesar da pouca idade, ele já foi premiado no International Salon of Contemporary & Urban Art de Nova York e em 2018 Samuel expôs no Brasil, no Carrousel Du Louvre (Paris, França), no MIIT – Museo Internazionale Italia Arte (Turim, Itália), no Wynwood Block (Miami, Estados Unidos) e levou seu projeto social “Eu acredito no seu sonho”, no qual palestra e leciona sobre suas técnicas (que variam entre quadros abstrato-geométricos de grande porte, passando por esculturas geométricas em metal e obras neoexpressionistas em tela) para jovens e crianças que muitas vezes sequer tinham tido contato com tintas e pinceis, tais como na Zâmbia (África), localidades em São Paulo e Goiânia e Bruxelas (Bélgica).

Ao ser questionado o segredo do seu dom antes dos 30 anos de idade, Samuel se considera apenas um instrumento do Senhor e cita o versículo Filipenses 2:13:
 “ - Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade”. Com isso, ele segue seu propósito de impactar a vida das pessoas pelos seus próprios sonhos utilizando as técnicas artísticas que não aprendeu, mas recebeu como “herança” de seus pais, também artistas.

Mais informações podem ser obtidas nas páginas oficiais de Samuel Caixeta:


Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul

Sobre a autora

Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul - Natural e residente na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, formada em Magistério pela E.E.S.G. “Sud Mennucci” com habilitação para exercer a profissão de professora em 1996. Aprovada no Concurso Público de prova e Títulos para provimento de emprego de Professor do Ensino Fundamental em 14 de janeiro de 1999. Em 1 de fevereiro de 2001, foi contratada pela Prefeitura Municipal de Piracicaba, na pasta da Secretaria da Educação com habilitação para alunos do 1º ao 5º ano. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

O MUNDO CANTA ROBERTO CARLOS

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil