ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12/14/2018

Espetáculo em Homenagem à Tia Maria do Jongo encerra temporada na cidade hoje, na arena Dicró

Tia Maria dançando jongo com seu filho Ivo-Crédito das fotos é de Rui Zilnet 

No mês de seu aniversário, Tia Maria do Jongo tem sua vida contada nos palcos

Hoje, na arena Dicró, na Penha, matriarca da Serrinha faz sua última apresentação do ano na cidade
As celebrações,  iniciaram no último dia oito e terminam  em   com apresentações do espetáculo escrito em homenagem a ela  

Em 30 de dezembro deste ano, a maior referência viva da comunidade da Serrinha, do Império Serrano e do grupo musical, que criou a Casa do Jongo, Tia Maria, fará 98 anos. “Tivemos um fim de 2017 e um início de 2018 muito complicado, lá na Casa do Jongo. Desde então não saiu da  minha cabeça que Tia Maria é o nosso maior ícone, com uma história incrível e que merecia estar nos palcos. A partir daí, veio a inspiração de escrever o espetáculo Tia Maria, Rainha do Jongo, e assim celebrar sua vida e história neste ano de 2018”, explica Lazir Sinval, atual coordenadora artística do Jongo da Serrinha e sobrinha neta de Tia Maria.

Em setembro, a peça ganhou o edital do Prêmio Funarte de Teatro Tônia Carrero, sendo então laureada com quatro apresentações em arenas. Hoje, acontece  a terceira e última apresentação do espetáculo aqui na cidade do Rio de Janeiro. A peça, que tem entrada gratuita,  inicia às 19h, na arena Dicró, na Penha. Além da grande homenageada que, canta e dança, o musical tem como atriz principal,  Ana Cê, que representa diversos momentos vividos por Tia Maria ao longo de toda sua história, além de músicos e dançarino do grupo Jongo da Serrinha.

Assim como no Jongo, a construção da peça foi feita com muita união da equipe. O figurino, desenhado por Rui Cortez, diretor de arte do espetáculo, e estampado por Luana Ferreira, é algo a se destacar. Bege, com desenhos de fotos históricas do acervo da Tia Maria em suas barras, as roupas trazem ancestralidade e luz ao mesmo tempo.  “Eu agradeço a Deus e a todos pelo que estão fazendo por mim. É uma alegria muito grande as pessoas verem o que eu faço pelo Jongo e principalmente pelas crianças. Meu desejo é que esse trabalho nunca acabe”, fala a mestra maior da Serrinha e única fundadora viva da escola de samba  Império Serrano.

Tia Maria e Lazir-Crédito das fotos é de Rui Zilnet 

SERVIÇO:
Espetáculo em Homenagem à Tia Maria do Jongo
14 /12: Arena Carioca Dicró
R. Flora Lôbo, 184 - Penha Circular
Horário: 19h
Classificação Livre
Gratuito

Ficha Técnica
*Idealização - Jongo da Serrinha
*Direção de Arte - Rui Cortez
*Direção Musical – Adriano Furtado
*Concepção e Pesquisa De Repertório - Lazir Sinval
*Pesquisa de Texto - Carla Dias (Escola de Belas Artes- Ufrj)
*Design Gráfico e Fotografia - Alcinoo Giandinoto
*Desenho de Luz - Dani Sanches e Jocacy Araújo
* Coordenador de Produção - Marcelo de Brito
*Visagista - Karen Rodrigues
*Figurino - Rui Cortez
*Produção de Figurino: Bárbara Oyá, Gil Alves, Carolina Aranha E Luana Ferreira
*Registro Fotográfico - Rui Zilnet
*Elenco:
Atriz - Ana Cê
Músicos: Tia Maria do Jongo, Deli Monteiro, Lazir Sinval, Luiza Marmello, Adriano Furtado, Rafael Nogueira, Anderson Vilmar, Dilmar José, Vinícius Bastos e Alan Gonzaga.
Dançarinos: Eliane Torres, Suellen Tavares, Suzana Tavares, Andrea França, Karen Rodrigues, Valéria Barros, Aline Oliveira, Ivo Mendes, Custódio Rodrigues, Marquinhos de Minas, Luiz Paulo, Gerson Leal, Brayon Mattos e Renato Mendonça.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

GALERIA DA LUSOFONIA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil