ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12 de julho de 2018

Sobre a dança

Nanny Azevedo

Programas de TV como a Dança dos Famosos e o Dancing Brasil, tem colocado mais uma vez a dança em destaque. Vemos artistas e celebridades que nunca tiveram contato profissional com a dança, arriscarem passos ousados, e realizarem belas performances diante das câmeras. Devido a isso, as academias de dança de todo o país tem tido alta na procura por aulas dos mais variados estilos, da dança de salão ao contemporâneo, street dance. Mas será que todos podem dançar?

A bailarina do quadro 'Ding Dong' do Domingão do Faustão, Nanny Azevedo,  esclarece alguns mitos e verdades sobre a dança, em especial para aqueles que pretendem aventurar-se arriscando alguns passos, seja para divertir-se ou para queimar algumas calorias:

1- Somente pessoas magras podem dançar?
Mito. Qualquer pessoa pode dançar, independente de seu peso. As dificuldades técnicas referentes a cada estilo dependem de treino e persistência, não de um biotipo exclusivo. A dança é inclusiva e não exclusiva.

2 - É preciso ter dom para dançar?
Mito. É fato que alguns parecem ter um talento natural para a dança, e terem mais facilidade com coordenação motora e desenvoltura, por terem de forma inata mais consciência corporal. Contudo, todos podem alcançar melhor flexibilidade e consciência corporal com trabalho e exercícios. A velocidade com que haverão progressos varia de pessoa a pessoa.

3 - Dançar ajuda a perder peso e tonificar músculos.
Verdade. A dança também é uma atividade física aeróbica e pode sim ajudar no processo de emagrecimento e tonificação muscular. Mas não adianta comer fast food o dia todo e seguir uma dieta ruim. A dança ajuda, mas não pode fazer milagres. Existe um tripé para a perda de peso, defendido por profissionais da área: déficit calórico, dieta e atividade física. A dança é apenas um dos três pontos, o da atividade física. Dependendo do estilo de dança pode queimar de 300 a 1000 calorias por hora.

4- Dançar é um remédio contra o estresse e a depressão.
Verdade. Atividades físicas em geral liberam endorfina e serotonina, que são hormônios associados a felicidade e a satisfação. Logo, dançar pode ser prazeroso e ajudar a liberar o estresse.

5 - Só se aprende se começar de criança?
Mito. Todos são capazes de aprender, em qualquer idade. Crianças costumam ter mais facilidade, mas nao quer dizer que um adulto não possa desenvolver suas habilidades. Os artistas que participam de programas de dança na televisão são exemplos claros disso.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis