ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

23 de janeiro de 2018

Inovação e tecnologia do Maranhão ganham reforço com a inauguração do Casarão Tech


O prédio histórico tem a missão de inserir o estado no cenário tecnológico e inovador do Brasil e vai contar com a participação da Embrapa Cocais

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), inaugurou, no último dia 19, o primeiro hub de inovação do estado, o Casarão Tech Renato Archer, voltado para o empreendedorismo digital e empresarial e localizado na Rua da Estrela, no Centro Histórico de São Luís. Com o ato, a Rede Maranhense de Inovação e Tecnologia (Remit), da qual a Embrapa Cocais participa e sediou sua primeira reunião, é formalizada publicamente. A chefe-geral da Unidade, Maria de Lourdes Mendonça Santos Brefin, a chefe de pesquisa e desenvolvimento, Nelcimar Reis, e a pesquisadora Guilhermina Cayres compareceram ao evento. 

“Nenhuma sociedade se desenvolve sem ousar em ciência e tecnologia. Este hub vai reunir empresas de inovação, empresas que estão começando, as chamadas startups, para receber apoio para o seu desenvolvimento, e outras empresas que queiram conhecer e contratar seus serviços”, explicou, na ocasião, o governador Flávio Dino, que também destacou a parceria com o Governo Federal e a Prefeitura de São Luís.

Para o secretário da Secti, Davi Telles, são investimentos integrados para criar uma política de desenvolvimento tecnológico. “O Casarão Tech Renato Acher é um dos vetores de uma estratégia maior, que é o Programa Inova Maranhão, cujo objetivo é exatamente fortalecer a economia, o ecossistema de inovação e tecnologia no Maranhão. O espaço servirá para acelerar protótipos e projetos de startups, uma área da economia no mundo que movimenta bilhões de dólares”.

Telles explicou ainda que ambas iniciativas, o Casarão e a Rede de Inovação e Tecnologia, vão beneficiar empresas de vários portes e áreas, incluindo as de agronegócio. “De 10 a 15% das startups são da área de ciências agrárias. A presença da Embrapa Cocais, de expertise e excelência reconhecidas, vai nos ajudar justamente nesse meio de campo e demais necessários”.
Maranhão no rumo da inovação - O Programa Inova Maranhão fomenta a criação de empresas de base tecnológica e estimula a inovação nas empresas maranhenses por meio de editais da Fapema e processos de pré-aceleração, aceleração e incubação de empresas. Busca, também, o desenvolvimento de estudos e implantação de laboratórios para instalação de Parque Tecnológico do Maranhão.

A Rede Maranhense de Inovação e Tecnologia, criada no último dia 17 para disseminar a cultura da inovação, da propriedade intelectual e da transferência de tecnologia, é composta pelos seguintes membros  membros: Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI, Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão – UEMASUL, Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IEMA, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e tecnológico – FAPEMA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão – SENAI/MA e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão – SEBRAE/MA

Mais sobre o Casarão Tech - Com ampla estrutura de laboratório maker, laboratório kids, espaço de coworking e de robótica, auditório, sala de reunião, sala para incubação de empresas, e sala de treinamentos, a proposta é ser um espaço para reunir e conectar empreendedores e empresas inovadoras de tecnologia (startups). O projeto é inspirado em modelos de inovação do exterior, onde prédios reúnem os principais players e talentos ligados à inovação e, dessa maneira, fortalecem a economia criativa local.

Aberto ao público, o hub de tecnologia do Maranhão, também terá espaço destinado para as 67 startups aprovadas na primeira fase do edital da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA Nº 034/2017.

Origem do nome - O primeiro hub do Maranhão homenageia um maranhense. Renato Archer foi vice-governador do Maranhão, Ministro das Relações Exteriores, Ministro da Previdência Social, e o primeiro Ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil. Homenageado por diversas instituições de todo o país, o maranhense que teve importante papel em lutas democráticas e populares dá nome ao Casarão Tech Renato Archer.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis