LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12/08/2015

Fãs de Roberto Carlos entrevistados pelo Portal Splish Splash - SEBASTHIÃO RECURECU


A pensar nos milhares de fãs de Roberto Carlos, espalhados pelo Mundo, o Portal Splish Splash achou por bem auscultar a alma robertocarlística que por eles perpassa, dando início a uma série de entrevistas que, cremos, poderá de algum modo contribuir para uma melhor compreensão do motivo que leva tantos a admirar a obra de um cantor/compositor Brasileiro que ao comemorar 55 anos de carreira, não só consegue manter a fidelidade dos seus fãs que o acompanham desde o início da sua trilha poética e musical, como ainda, atrair muitos jovens que não conseguiram ficar indiferentes à obra daquele que, como disse o poeta, se mais mundo houvera lá chegara.
 
A seleção da série de entrevistas não obedece a nenhum critério relativamente a este ou àquele fã, foram obtidas por quem as irá publicar, ou seja, Armindo GuimarãesCarmen Augusta e Derbson Frota, de acordo com os contatos que possuem. Também a publicação, que acontecerá às terças-feiras e sábados, é aleatória, ou seja, não tem qualquer ordem em relação aos fãs. Todos eles admiram o rei Roberto Carlos e por isso todos nos merecem a mesma estima e a mesma consideração, independentemente de, muito naturalmente, podermos conhecermos melhor este ou aquele fã.
 
A entrevista que segue é com o fã Sebasthião Pedro, conhecido como Sebasthião "Recurecu", de Fortaleza, Ceará. Confira:

PORTAL SPLISH SPLASH - Como começou a gostar do NMQT Roberto Carlos?

SEBASTHIÃO RECURECU - Quando eu era bem "pitototinho" lá na minha Paraíba (Coremas).

PSS - Você se considera um grande fã? Por quê?

SR - Quando eu era muito criança, ouvia meu pai assobiar algumas músicas do Roberto, como por exemplo eu te amo, te amo, te amo, Por isso corro demais...etc. Eu me considero o maior fã sim, assim eu acho(risos)

PSS - Se estivesse numa ilha deserta com a amada, qual música do rei colocaria pra tocar?

SR - Bicho, eu levaria um pendrive com todas as músicas(risos), mas tem uma que no meio delas se destacaria: Contradições.

PSS - Roberto Carlos faz parte de sua vida? 

SR - Sim, por causa de sua voz, o seu jeito, o seu ritmo, sua vontade de cantar para o povão, sua simplicidade de ser humano...

PSS – Você é conhecido em Fortaleza por por sempre participar das atividades com a turma, seja em shows ou eventos. Qual a emoção de sempre estar presente nesses momentos?

SR - Cada momento é uma nova emoção! Eu gosto de ajudar, participar, não deixar nada passar em branco, quero mais e mais. Se pudesse eu estaria em todas, sem dúvida nenhuma.

PSS - Coleciona algo do rei? 

SR - Eu tenho todos os show do rei de fim de ano, mais alguns internacionais, como Chile, EUA, Espanha por exemplo, mas não tenho tudo, ainda, mas gostaria muuuuuito(risos).

PSS - Uma música que você sempre põe no “repeat.

SR - Eu ultimamente coloco Sentado a beira do caminho porque ela é a cara do meu velho e querido pai (que já partiu pra nuvem).

PSS – Qual a maior loucura que você fez pelo rei?

SR - Ah, bicho! Já fiz várias, como por exemplo: lá em São Luiz(MA) dei uma "cabeçada" no estomago de um segurança do rei. Por aqui já cheguei a descarregar uma carreta de som só pra ganhar a entrada pro show, lá no Oba Oba(casa de shows de Fortaleza). No dia anterior ao show de 2014, em que nos encontramos, fui, junto com os amigos Auri Aguiar, Adailton Moura e Vânia Arrais, esperar a chegada do rei no aeroporto, quando de repente lá estávamos, Auri e eu, em cima do capô do carro do Roberto. Foi preciso os seguranças nos tirarem de cima(risos).

PSS – Qual o disco(LP ou CD) preferido e capa predileta? 

SR - Sem nenhuma dúvida o de 1979. E a música desse LP que mais gosto é Me conte a sua história. Um CD? Todos!

PSS – Este ano você recebeu o troféu “Referência de fã”. Qual a emoção de ter sido agraciado com este prêmio?

SR - Cara eu não esperava por esse troféu, mas recebi com muito orgulho. Tremi muito na hora, mas foi maravilhoso receber das mãos do grande locutor e apresentador, meu grande irmão Fabiano Cavalcante. Ainda tô tremendo até agora(risos).

PSS - Muitas são as músicas do repertório do rei e muitas são aquelas que ele há muito não canta. Que música gostaria que ele voltasse a cantar? 

SR - Se possível, todas, como sem falta.

PSS - Se Roberto Carlos fosse almoçar em sua casa, o que prepararias?

SR - O que ele mesmo escolhesse. Ele manda! Que tal uma lagostinha??

PSS - Se fosse escolher para ouvir 10 músicas do rei, em ordem de preferência, quais seriam?
(1)Sentado a beira do caminho
(2)Proposta
(3)Pelo aveso
(4)Cavalgada
(5)Outra vez
(6)Você em minha vida
(7)Costumes
(8)Detalhes
(9)Jesus Cristo
(10) Seres Humanos... e as outras também(risos)

PSS – Você chegou a encontrar o rei pessoalmente? 

SR - Só um pequeno aperto de mãos num dos cruzeiros em que fui, mas quando eu encontrá-lo vou falar pra ele assim: "Bicho, como foi difícil falar contigo! Nossa, se fosse pra recomeçar eu faria tudo de novo"(risos).

PSS - As músicas do rei não seriam a mesma coisa sem as respetivas letras. Independentemente da música, diga os títulos de três letras que mais a impressionam e o porquê.

SR - Seres humanos - Ela diz tudo! As Baleias e O progresso - Porque somos culpados por isso tudo que está acontecendo na face da terra.

PSS - O que mais gosta na personalidade do rei?

SR - O seu jeitão de ser um cara simples, mas resolvido naquilo que quer.

PSS - Se tivesse que escolher uma frase robertocarlistica do repertório do rei que mais se identificasse com você, que frase escolhia?

SR - Manda tudo pro inferno e diz que hoje isso é moderno... É papo firme.

PSS - Responda à pergunta que não fizemos e que gostaria que lhe tivéssemos feito.

SR - A pergunta seria se eu gostaria de fazer parte a banda do Roberto. Sim, pelos menos tocar um recurerereco (risos)

Entrevista conduzida por
Derbson Frota

1 comentário:

  1. Meu amigo, meu fiel escudeiro, meu irmãozinho, Sebastião Reco Reco.

    O guardião do Templo, mas com alma de menino.

    Parabéns ao Derbson pela escolha e pela condução da entrevista.

    Um grande abraço a todos.

    Fabiano Cavalcante

    ResponderEliminar

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo