Varanda da Escrita

DO TEXTO:


Álamo de Oliveira prestigia a ilha Terceira


Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@hotmail.com

Não é exagero afirmar que José Henrique Álamo de Oliveira é um dos maiores poetas/escritores dos Açores, com enorme reconhecimento às escalas nacionais e internacionais. Contra fatos não há argumentos. Assim tem sido a postura deste apreciado vulto da nossa literatura e que regista uma longa carreira ainda longe de terminar.

Recentemente, Álamo Oliveira deslocou-se ao Brasil (mais uma deslocação para o seu brilhante curriculum), concretamente ao Estado de Belo Horizonte. Sobre esta vinda, passei a notícia nos sites em que colaboro nomeadamente no Portal Splish Splash, portal esse de divulgação das atividades do Rei Roberto Carlos. Ora, a presença de Álamo Oliveira em Rio Preto entusiasmou a Doutora Fátima Quadros, poetisa de recursos firmados e também presidente da Confraria Cultural Brasil – Portugal da qual sou membro efetivo. Como se previa, Fátima Quadros, que reside em Divinópolis (Minas Gerais), e por mim inspirada, deslocou-se a Rio Preto para assistir à sessão em que participou o nosso ilustre poeta Álamo de Oliveira. Fátima Quadros ficou fascinada e não fugiu, posteriormente, à tentação de convidar Álamo de Oliveira para escrever o prefácio do seu novo livro. Eu, pessoalmente, tinha a certeza pelo que dele conheço que da parte de Álamo de OIiveira a escritora-poetisa Fátima Quadros receberia o tão almejado SIM. E é assim, com estas nobres atitudes, que Álamo de Oliveira prestigia a ilha Terceira, sua e nossa terra natal.

E agora, falando um pouco da Doutora Maria de Fátima Batista Quadros:

Das pessoas que conheci no Brasil após a minha chegada que ocorreu em 20 de agosto de 2004, Fátima Quadros ocupa a principal cadeira do patamar superior, pela sua honestidade, forma de bem receber (uma anfitriã de se lhe tirar o chapéu), persistência e enorme capacidade intelectual, atributos que testemunho com toda a clareza. Deus encaminhou-me para este ser humano de real valia, sempre com o intuito de fazer bem ao seu semelhante.

Fui daqueles que sempre a apoiei e, ipso fato, não tenho a menor dúvida de que o livro EFLÚVIO POÉTICO constituirá um assinalável êxito e consequentemente mais um trampolim para um próximo. Para o efeito, não lhe falta veia poética.

Acresce que o livro EFLÚVIO POÉTICO será editado em Lisboa (Livraria Chiado) e o seu lançamento está previsto para janeiro próximo.

POSTS RELACIONADOS:
Enviar um comentário

Comentários