LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/26/2012

Primeira Grande Noite de Fados do Selo das Memórias - Núcleo de Fado





Por: Armindo Guimarães
arguimar@gmail.com

Cerca de duas centenas de pessoas encheram por completo o Salão de Festas do Grupo Dramático Monte Aventino, na Cidade Invicta, para assistirem à I Grande Noite de Fados, que decorreu ontem, entre as 20 horas e as 2 horas de hoje, numa organização do Selo das Memórias – Núcleo de Fados, fundado em 20 de Outubro de 2011.


Promover a criação, a inovação, a dignificação, a valorização e o desenvolvimento da cultura fadista; promover o conhecimento, a divulgação e a fruição da música; promover iniciativas de sensibilização que visem o alargamento de públicos, essencialmente os mais jovens; promover a produção de fado e de toda a sua envolvência, são os objectivos primordiais do Selo das Memórias, conforme lembrou o presidente da direcção Manuel da Costa aquando do uso da palavra para dar as boas-vindas a todos os presentes no evento, citando a propósito Fernando Pessoa “Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce”.


Num jantar cujas mesas tinham a feliz particularidade de serem designadas com nomenclatura afecta ao fado e onde pontificou a boa disposição, assistiu-se ao que poderíamos chamar de uma maratona de fados, já que nela participaram 27 fadistas entre amadores e profissionais oriundos de Lisboa, Porto, e outros locais do nosso País, inclusive da Região Autónoma da Madeira.


Acompanhados à guitarra portuguesa por Samuel Cabral e Miguel Amaral e à viola por Paulo Faria Carvalho, Manuel Campos Costa e António Cerqueira na viola baixo, brilharam os seguintes fadistas:

António Maia, Norberto Costa, Maria Fernanda, Miguel Cardoso, Manuel Alcino, Linda Nunes, Fernando Pinto, José Araújo, Sandra Mendes, António Lopes, Manuel Salé, José António, Patrícia Carvalho, António Luciano, Eduardo Augusto, Zézinha, Fernando Aníbal, Laura Santos, Mário Caseiro, Julieta Monteiro, Felisberto Monteiro, Eduardo Pinto, Alfredo Guedes, Artur Lobo, Margarida Lima, António Cerqueira e Tony Reis, apresentados por Manuel Salé.

A I Grande Noite de Fados promovida pelo Selo das Memórias – Núcleo de Fado, terminou depois das 2 horas da madrugada e a avaliar pelos comentários que ouvimos à saída, ficou-nos a sensação que a II Grande Noite de Fados é já um desejo para muito breve. 



Numa altura em que ainda se vive o recente reconhecimento pela UNESCO do Fado como património imaterial da Humanidade, compete-nos a nós manter esse reconhecimento transmitindo-o às gerações vindouras e, nesse aspecto, há que dizer que o Selo das Memórias – Núcleo de Fado, está a cumprir bem a missão que abraçou e, por isso, o Portal Splish Splash, que nesta I Grande Noite de Fados fez-se representar por 6 elementos, estará com certeza com muitos mais nas próximas Galas. Venham elas!

Selo das Memórias – Núcleo do Fado
Porto – Portugal

http://selodasmemoriasfado.blogspot.com/2012/01/e-tudo-comecao-assim.html

http://selodasmemoriasfado.blogspot.com/2012/01/orgaos-sociais.html

http://selodasmemoriasfado.blogspot.com/

https://www.facebook.com/pages/Selo-das-Mem%C3%B3rias-N%C3%BAcleo-de-Fado/290781627627599
selodasmemoriasfado@gmail.com

9 comentários:

  1. Olá maninho!

    Bravo!
    Amei o texto e as fotos!
    Tudo junto, ficou uma excelente explicação da
    Primeira Grande Noite de Fados do Selo das Memórias - Núcleo de Fado.

    Ainda bem que o fato conseguiu que você fosse....
    Parabéns maninho!

    Beijos
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar
  2. Alba Maria Fraga Bittencourt27 de fevereiro de 2012 às 03:57

    Querido Armindo!

    Ao ler a tua reportagem e ver as fotos da Primeira Grande Noite de Fados do Selo das Memórias, fiquei emocionada, pois mesmo sendo brasuca, adoro a música portuguesa, principalmente o Fado.
    Imaginas agora, uma Noite todinha de Fados, com a participação de 27 fadistas....certamente foi um
    espetáculo maravilhoso e imperdível.
    Parabéns ao Portal Splish Splash que se fez representar nesse grandioso evento.
    Parabéns Armindo, por teres participado e partilhado conosco esse belo acontecimento.

    Um grande abraço
    Alba Maria

    ResponderEliminar
  3. Caro Armindo!

    A Direcção dos SELOSDEMEMÓRIAFADO,imensamente gratos,pela excelente reportagem aqui reproduzida,dando assim o teu contributo para o engrandecimento do Fado,Património Nacional/Internacional.Parabéns.

    ResponderEliminar
  4. Eu sempre calculei que o Mindo das Meiguices era um grande fadista. E aqui temos mais uma prova cabal. Embora eu continue com o estatuto de génio-1, o Mindo das Meiguices, com mais este excelente trabalho, cimenta a sua posição de génio-2.
    Um grande abraço e venha de lá o fado da mariquinhas.
    Carlos Alberto Alves

    ResponderEliminar
  5. É fácil criticar, difícil é trabalhar.
    Aos Exmos. Diretores, desta prestimosa coletividade vai daqui o meu abraço sincero, desejando muitas felicidades a todos.
    O FADO precisa do vosso trabalho.
    BEM HAJAM
    UM ABRAÇO
    Carlos Bessa

    ResponderEliminar
  6. É UMA HONRA PARA MIM FAZER PARTE DESTA "FAMILIA". HÁ QUE SEMEAR PARA CONTINUAR A CRESCER
    UM ABRAÇO
    LETINHA MENESES

    ResponderEliminar
  7. Já tive opotunidade de, no nome blogue, agradecer a todos quanto connosco colaboraram na realização da Noite de Fados do passado dia 25 de Fevereiro. Mas nunca é demais realçar as manifestações de apoio e de carinho com que nos têm presentiado. Isso é o "doping" que necessitamos para continuar. Em nome da Direcção do SELO DAS MEMÓRIAS - Núcleo de Fado o nosso sincero agradecimento a todos e em especial ao Armindo Guimarães pelo excelente trabalho que realizou e disponibilizou. Um abraço e saudações fadistas. Manuel Costa

    ResponderEliminar
  8. Só quem não esta lá é que pode lamentar o tempo que passou nesse dia à noite, porque quem lá foi, mesmo o mais cético nestas coisas saiu de lá MARAVILHADO, bem ajam os que organizaram uma festa assim, um abraço a TODOS.

    A. C.

    ResponderEliminar
  9. Deus como gostava de ter conhecido essa grandiosa casa de fados só lamento ter chegado quando essa grande casa se estava acabando isto é alguem estava destruindo essa casa maravilhosa casa de fados selos das memorias nada mekhor que seu nome pois ficou gravado em nossas memorias

    ResponderEliminar

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo