“Zé da Pipa” tu “hablas espanhol”?




Por: Carlos Alberto Alves
Portal Splish Splash


Este “Zé da Pipa” é mesmo uma grande figuraça. Eu digo sempre que foi uma “invenção de Deus”. Um génio, mas, na nossa escala, na terceira posição. Primeiro eu, depois o Armindo e aí sim segue-se o nosso “Zé da Pipa” que, em confidência, que agora revelo, “diz que me adora”, que eu sou um sortudo (o porquê não digo), que eu tenho um cérebro genial (isso já sabia, basta olhar para a classificação e não é por mero acaso que estou no topo), enfim, que eu fui, ao cabo, um predestinado”. Fui ou sou? Deixo esta resposta para quem ocupa o segundo lugar da “classificação dos génios” (eh, eh, eh, eh).


Nosso querido “Zé da Pipa”, é verdade, de novo, acordei neste sábado às 3H30 (da madrugada) para escrever, passo pelo facebook, dou dois dedos de conversa à Mazé Silva (também lá estava a Lilian Rocha. Que mulheres madrugadoras... Algum vírus que entrou nos redactores permamentes do Splish Splash, ou fui eu, com este hábito de ser madrugador, que passei o dito?) e, paradoxal que possa parecer, uma solicitação de amizade do “Zé da Pipa” que já estava online. Carago (não sou do Porto, mas com esta já fui influenciado pelo “patrãozinho”), ele não me dá tréguas, segue os meus passos, encontra-me sempre. Na verdade, ele é meu amigo e sempre que tem umas fofocas sou o primeiro a saber. Também me revelou que não fala directamente com o “patrãozinho” porque tem medo de desaparecer do mapa. Acrescentou ainda que essa coisa de ilusionista não é para ele. Pois é, meu caro “Zé da Pipa”, transformar tremoço em camarão só mesmo para um ilusionista de primeira água. Dou-te razão, “Zé da Pipa”, cuidado com ele. Já por três ou quatro vezes, que lhe enviei matérias (artigos para os portugueses) e desapareceram. Será que o computador do “patrãozinho” também já entrou no ilusionismo?

Agora sim, estou em sintonia directa com o “Zé da Pipa”.

Então, meu amigo, já com o bichinho da internet?

- Sabes Carlos, pressenti que estavas no facebook.

Porra, “Zé da Pipa”, será que me confundiste com alguma mulher?

- Lá isso não, longe do meu pensamento, nem ando na internet à procura de mulheres. Tenho três e chega...

Muito me contas “Zé da Pipa”, três mulheres, ó bicho tu também és igual a um que eu conheço que não perdoa nada. Não é “o ilhas”, mas sim o “bilhas de leite”. Não sei o motivo deste alcunha...

- Ó Carlos, posso te chamar de “patrãozinho”?

Pára com isso bicho. Estas a ver eu a ser concorrente do outro? Era logo despedido por concorrência desleal. Continua a chamar-me por Carlos, pode ser “o ilhas”, o génio, enfim, por aí...

Mas, “Zé da Pipa”, quero agora é saber novidades do Rei. Agora por isso, tu “hablas espanhol”?

- O que é isso, alguma coisa de comer?

Nada disse. Até parece que gostava de comer uma espanhola. Se falas espanhol?
- Entendi agora, desculpe a minha ignorância. Mas que tem a ver o espanhol para aqui?
“Zé da Pipa” tens um minuto para rápido raciocínio?

- Pronto, caiu a ficha. Refere-se ao facto do Rei estar em Miami a gravar um CD em espanhol.

Genial, “Zé da Pipa”, se continuares assim passa para segundo lugar na escala e relegas o vice para a tua posição actual. Já sabes que primeiro sou eu e de lá ninguém me tira. Nem penses em sacanagem comigo. Não faças frases idiotas, porque eu sou músico antigo e já sei o valor das notas. Olha bem...

Então, vamos ter mais um sucesso em espanhol, creio eu.

- É verdade, Carlos. O Rei continua imparável.

E agora não pára com a viagem à Terra Santa. Sabes que ele tem novo director na Globo?

- Claro que estou bem informado, leio o Splish Splash, que tem sempre, diariamente, notícias do Rei. Será que ele já se apercebeu disso?

Meu caro “Zé da Pipa”, também penso muitas vezes nisso, mas ainda acredito que a Assessoria de Imprensa lhe passa algumas informações. Tenho confiança na Ivone Kassu.

Ó “Zé da Pipa” e se tu fosses no cruzeiro com a tua pipa do Vasco da Gama? Seria interessante, não achas?

- Seria uma maná vindo do céu eu acompanhar o Rei nessa viagem que será histórica. Mas tudo pode acontecer. Quando menos se espera, surgem novidades agradáveis.
E o “patrãozinho” a dar um espectáculo de ilusionismo para os participantes no cruzeiro?

- Com ele eu não ia, porque o gajo do carago é mesmo malabarista e eu, como te disse anteriormente, não quero desaparecer do mapa, apesar de uma meia-satisfação, esta: o facto de ele ser vascaíno.

“Zé da Pipa” ele já me revelou que te adora, podes confiar na minha palavra.

- Sendo assim, e porque tu és o génio em primeiro lugar, eu já ia. Agora faço questão de não falar mais em desaparecer do mapa face ao ilusionista que é o melhor do Porto e arredores e, também, um dos maiores fanzaços do Rei.

“Zé da Pipa” concordo contigo. Aqui ele ocupa o primeiro lugar. Temos que ser justos para quem muito tem feito em prol da divulgação do Rei Roberto Carlos.

Meu caro “Zé da Pipa” faltam 25 minutos para as cinco da manhã. Entusiasmei-me com esta conversa e o tempo passou depressa, mas ainda vou dar um cochilo.

Fica com Deus e até a uma próxima oportunidade, que já sei não levará muitas horas.

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !