A Dor do Rei

Roberto recebeu o carinho de amigos e cantou durante a missa
A MISSA DE SÉTIMO DIA em memória de Laura Moreira Braga – Lady Laura, como era carinhosamente conhecida –, na sexta-feira 23, foi marcada por momentos de muita emoção. A igreja Nossa Senhora do Brasil, na Urca, foi a escolhida pelo filho Roberto Carlos. Era nessa pequena paróquia, bem perto do prédio em que moravam – cada um em um andar –, que eles costumavam ir juntos à missa. O cantor chegou à igreja pontualmente às 16h, horário marcado para o início da cerimônia. Ele se benzeu, fez o sinal da cruz e em seguida sentou ao lado dos irmãos Lauro e Norma Moreira. Durante a missa, o Rei não conteve a emoção e chorou muito. Um dos momentos de maior emoção foi quando seu filho Rafael Braga fez uma oração, também com a voz embargada. Muito abatido, o cantor ouviu emocionado as palavras de padre Jorjão, que celebrou a missa ao lado de padre Antonio Maria e de padre Mores. O pároco falou sobre a importância da maternidade e destacou o carinho que Lady Laura tinha pelos filhos. “Mãe presença, mãe presente. Mãe que teve a graça de ter seus filhos com ela. De fato, ela soube ser mãe ao longo de toda sua vida, por isso a gente chora, mas chora de saudade. Só sentimos saudade de quem foi bom.” Roberto chorava copiosamente, parecia inconsolável. Após a homilia de padre Jorjão, o cantor beijou o folheto da missa que tinha o nome da mãe escrito. Padre Antônio Maria, amigo da família, também lembrou da espiritualidade da matriarca. “Lady Laura foi uma pessoa muito religiosa. A missa é para celebrar a vida.
Ela está viva em outro lugar.”Com um terço enrolado numa das mãos, a atriz e missionária Myrian Rios, ex-mulher do cantor, também chorou muito. “Laura nos deu uma lição de humildade e simplicidade. Quero agradecer à família por me permitir estar com Lalá no hospital, como missionária. Ela já estava sedada, mas sei que escutou minhas preces”, contou. Os filhos do cantor, Ana Paula e Dudu Braga, lembraram com carinho da avó.“A gente ainda sente muita saudade. Eu fiquei esse período no Rio por causa do meu pai”, disse Ana Paula, que mora em São Paulo. Dudu Braga agradeceu o apoio dos fãs do pai. “O que a gente recebe dos fãs é o que nos acalenta. A gente procura ver o lado positivo de ter passado 96 anos ao lado dela. Ela era a matriarca, uma leoa.”
O humorista Tom Cavalcante foi um dos primeiros a chegar e lembrou que Lady Laura o chamava afetuosamente de “Canabrava”. “Na última sexta-feira jantei com o Roberto em Nova York e ele falou muito da mãe. Entre os presentes estavam dona Marisa, mulher do vice-presidente, José Alencar, o cantor Emílio Santiago, Ana Botafogo, o empresário Luis Calainho e o produtor musical Guto Graça Mello.
Ao fim da celebração o Rei surpreendeu ao cantar três músicas, “Jesus Cristo”, “Nossa Senhora” e “Lady Laura”, composta em homenagem à mãe. Estava muito emocionado e dedicou a ela as palmas no final da missa. “Aplausos para minha mãe, nossa Lady Laura.” A iniciativa do cantor emocionou os amigos e familiares. “Fiquei muito emocionado. Não sei quem de nós teria força”, comentou padre Jorjão. A cantora Rosemary também comentou o gesto do cantor. “Ouvir o Roberto é uma coisa que mexe muito com a gente. Ele é espiritualizado e está buscando força em Deus e na família”, disse.
Tom Cavalcante e a mulher, Patrícia, foram os primeiros a chegar à celebração. O Rei cumprimenta a ex-mulher Myriam Rios O Rei se emocionou com as palavras do filho Dudu Braga

Roberto recebe o carinho da bailarina Ana Botafogo

Etiquetas

Enviar um comentário

0 Comentários
* Só falta o seu comentário! O autor agradece.

buttons=(OK) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !