Evento gratuito aborda melhores práticas para tratamento da escoliose

DO TEXTO: A proposta do Simpósio é levar informações relevantes a todos os profissionais da saúde e população geral sobre a escoliose e os seus tratamentos mais

Médicos a verificarem uma radiografia.


IV Simpósio Sul-Americano da Escoliose acontece nos dias 02 e 03 de junho

Segundo a OMS, cerca de 4% da população mundial é diagnosticada com escoliose. Essa é uma das dores cervicais mais comuns a atingir pacientes de todas as idades, mas, muitas dúvidas ainda existem sobre o tema, principalmente sobre seu tratamento adequado. Visando esclarecer esses questionamentos, médicos e fisioterapeutas especialistas nessa patologia se reunirão, nos dias 02 e 03 de junho, no IV Simpósio Sul-Americano da Escoliose. O evento será gratuito e contará com palestras ministradas de forma online e presencial, com as  inscrições disponíveis neste aqui.

Criado em 2020, a proposta do Simpósio é levar informações relevantes a todos os profissionais da saúde e população geral sobre a escoliose e os seus tratamentos mais adequados, pautadas nas melhores evidências científicas do ramo. Desde sua primeira edição, vem sendo organizada em junho por ser considerado como o mês internacional da Conscientização da Escoliose – em uma simbologia importante para transmitir esse conhecimento a cada vez mais pessoas em prol de uma condução adequada de cada caso.

Neste ano, o primeiro dia do encontro ocorrerá no formato virtual, com a presença de especialistas que realizarão a abertura do simpósio e explicarão as principais dúvidas sobre a escoliose, além da participação de convidadas especiais ao vivo. “A grande maioria dos casos de escoliose começa a ser observado durante a adolescência e, caso diagnosticados precocemente, podem ser devidamente tratados sem prejuízo à qualidade de vida dos pacientes”, explica o Dr. Carlos Barsotti, cirurgião ortopedista especialista em cirurgias de coluna do Hospital Sírio Libanês e um dos organizadores do evento que estará presente durante a abertura.

Complementando a agenda de palestras no dia seguinte, a programação será das 09h às 18h, dividida entre o online e o presencial com transmissão ao vivo. Dentre os temas que serão abordados, estarão a história da evolução do tratamento da escoliose no Brasil, sua oferta via o Sistema Único de Saúde Nacional, a importância de seu diagnóstico precoce, seus sistemas de classificação conforme as diferentes tipologias e estudos de casos relevantes para aprendizado.

Para disseminar ainda mais essa causa, a edição do simpósio deste ano também contará com o Encontro da Escoliose, um bate-papo destinado a pacientes, familiares e a população em geral para conscientizar e aproximar a realidade de quem foi diagnosticado com essa patologia dos profissionais que tratam a tratam. Afinal, a união acerca deste tema e compreensão sobre seu quadro é um ponto crucial para que cada vez mais pessoas busquem o auxílio de especialistas que os direcionem para seu melhor tratamento.

Reunindo grandes nomes da área, o conjunto de palestras dispostas nos dois dias do evento traz expectativas promissoras. “Saber identificar a tipologia de escoliose e diagnosticá-la precocemente contribuirá fortemente para um tratamento mais assertivo e garantir, assim, uma excelente qualidade de vida ao paciente. Essa será nossa ideia com o encontro, reunindo profissionais qualificados para disseminar essas informações em prol da manutenção da saúde de todos”, finaliza Barsotti.

Para mais informações, acesse https://lp.escoliosebrasil.com.br/iv-simposio-sul-americano-da-escoliose/

SERVIÇO:

IV Simpósio Sul-Americano da Escoliose

Datas: dia 02/06 (online) e dia 03/06 (online e presencial)

Local: Alameda Santos, 85 – Jardins, São Paulo



POSTS RELACIONADOS:
Enviar um comentário

Comentários