"A CAPTURA, uma exposição de desenhos realistas" no Museu Índia Vanuíre

Do Texto: Homenagem ao Dia do Radialista e curiosidade sobre a Praça da Bandeira, em Tupã (SP)
Alguns quadros da colecção "A Captura".

Totalmente gratuita, a programação ainda traz dica de leitura indígena, homenagem ao Dia do Radialista e curiosidade sobre a Praça da Bandeira, em Tupã (SP)

Até o dia 30 (quarta-feira), sempre das 9h às 18h, o Museu Índia Vanuíre, em Tupã (SP), instituição do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, apresenta, de forma presencial, a mostra temporária "A CAPTURA, uma exposição de desenhos realistas”. Trata-se de uma coleção de 24 quadros com desenhos realistas pintados em grafite, assinados por Márcia Oliveira Saoncella. São imagens que retratam os povos originários de forma natural, transmitindo a percepção de que a obra é, de fato, uma representação fotográfica, por sua precisão.

Além disso, aos sábados e domingos, das 10h às 17h, o projeto “Família no Museu” vai destacar imagens com curiosidades do acervo referentes aos módulos que apresentam os Kaingang e os Krenak, habitantes da Terra Indígena Vanuíre.

Aos sábados, o Museu Índia Vanuíre também indica uma obra interessante para o público das redes sociais. São publicações relacionadas à temática do Museu e de fácil acesso por meio de livrarias online ou e-books gratuitos. Nesse sábado (12), às 12h, a dica será o livro “Povos originários: Guerreiros do tempo”, do fotojornalista Ricardo Stuckert.

Já na segunda-feira (14), às 12h, serão compartilhadas, nas redes sociais, imagens de objetos relacionados ao rádio, em homenagem ao Dia do Radialista, celebrado em 7 de novembro.

O Museu Índia Vanuíre abriga um acervo expressivo que reúne peças da história da cidade, além de objetos e artefatos de diversos povos indígenas brasileiros. Com objetivo de levar ao público um pouco da riqueza desse acervo, o museu apresenta, às segundas-feiras, informações e curiosidades sobre a coleção. Ainda na próxima segunda (14), às 12h, as redes sociais da instituição vão publicar uma fotografia de como era a Praça da Bandeira, em Tupã, local que leva esse nome por ter um formato que lembra a aparência da bandeira do Brasil.

Visitação:

O Museu Índia Vanuíre está localizado à rua Coroados, nº 521, em Tupã (SP), e está aberto à visitação presencial, de terça-feira a domingo, das 9h às 18h. Nas quintas-feiras, o horário é estendido até às 20h. Visite https://museuindiavanuire.org.br/ ou siga nas redes sociais (Instagram: @museuindiavanuire | Facebook: / museuindiavanuire). 

Também pode ler:
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !