Vovó Catarina revela à netinha Carolina grandes segredos do coração

Um estudo realizado por pesquisadores do Boston College descobriu que os laços emocionalmente estreitos entre avós e netos adultos reduziram os sintomas depressivos em ambos os grupos.

Dia Mundial dos Avós

Por meio de livro, os pequenos leitores aprendem a lidar com os próprios sentimentos e resgatar proximidade entre netos e avós, imergindo em situações do cotidiano

Dia 26 de julho é celebrado o Dia Mundial dos Avós, data criada para homenagear Santa Ana e São Joaquim, avós de Jesus.

Uma relação próxima entre avós e netos é mutuamente benéfica quando se trata da saúde e bem-estar de ambos. Essa convivência saudável ensina para a vida, o amor ao próximo, o respeito às necessidades dos mais velhos, obediência e respeito a hierarquia e cuidado.

Um estudo realizado por pesquisadores do Boston College descobriu que os laços emocionalmente estreitos entre avós e netos adultos reduziram os sintomas depressivos em ambos os grupos. Essa pesquisa, publicada online em 2014 na revista The Gerontologist, incluiu 374 avós e 356 netos adultos que participaram de um estudo maior. Os pesquisadores analisaram os dados coletados ao longo de um período de 19 anos.

Nesse sentido, relacionamentos próximos entre avós e netos costumam ser marcados por fortes laços familiares em geral, mas esses laços intergeracionais também vêm com seus próprios benefícios distintos. À medida que as pessoas estão vivendo mais, esses vínculos estão se tornando ainda mais importantes.

Esse laço afetivo entre avós e netos é a ponte entre passado e presente que contribui para a construção e manutenção dessa relação, indo além dos valores ao longo das gerações e sendo o testemunho de uma história familiar.

Abordando esta temática, “Por que o coração chora, vovó?” é uma obra publicada pela Literare Books International, de autoria de Maria Amália Forte Banzato, educadora há mais de 30 anos, especialista em Psicologia Social Pichoniana, que estimula a identificação das emoções pelas crianças e a afetividade entre netos e avós. A partir da história de Vovó Catarina e da netinha Carolina, os pequenos leitores aprendem a lidar com os próprios sentimentos, imergindo em situações do cotidiano.

Nesta linda história, Vovó Catarina revela à netinha Carolina grandes segredos do coração. Ensina a garotinha a ouvir as melodias da própria alma; aquilo que está no peito e não sabemos identificar. Mas, ao decifrarmos, prestarmos atenção, faz todo o sentido e até o coração cantar, nos momentos de felicidade.

A autora Maria Amália aborda desde questões familiares, desentendimentos entre os pais até as frustrações pelas quais as crianças passam durante as etapas de desenvolvimento. De forma leve e lúdica, graças às ilustrações, os pequenos leitores conseguem acompanhar o texto e assimilar conceitos básicos para se organizar, ter paciência e autocontrole emocional.

Uma linda história que ilustra esse vínculo que traz geralmente amor de sobra ou melhor, amor em dobro.

Mais informações
Por que o coração chora, vovó?
Autora: Maria Amália Forte Banzato
Editora: Literare Books International
Formato: 20 x 20 cm – 1ª edição – 40 páginas – 2022 - R$ 44,90
Categoria: Ficção
ISBN do físico: 9786559223961
ISBN do digital: 9786559223978
À venda nas principais livrarias e plataformas digitais
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !