Filme sergipano "Ímã de Geladeira" estreia na Mostra Tiradentes

Estrear um filme na Mostra de Cinema de Tiradentes é um desejo de muitos realizadores audiovisuais do Brasil, graças ao respaldo do evento em revelar filmes nacionais e à tradição de abrir o calendário anual do cinema brasileiro. Na 25ª edição do evento, Carolen Meneses e Sidjonathas Araújo representarão Sergipe ao lançar o filme ‘Ímã de Geladeira’ nesta segunda-feira.

O curta será exibido nos dias 24 e 25 de janeiro na plataforma do evento

Estrear um filme na Mostra de Cinema de Tiradentes é um desejo de muitos realizadores audiovisuais do Brasil, graças ao respaldo do evento em revelar filmes nacionais e à tradição de abrir o calendário anual do cinema brasileiro. Na 25ª edição do evento, Carolen Meneses e Sidjonathas Araújo representarão Sergipe ao lançar o filme ‘Ímã de Geladeira’ nesta segunda-feira.

O filme integra a Mostra Praça e ficará disponível durante 24 horas a partir das 19 horas do dia 24 de janeiro no site oficial do evento, por onde também ocorrerá o bate-papo ao vivo com os diretores nesse mesmo dia, às 21 horas.

Ímã de Geladeira é um curta-metragem de ficção que transita entre os gêneros cinematográficos terror e fantasia para narrar a vida de um jovem casal preto que vive numa periferia sergipana. Com uma narrativa afro-surrealista, o filme discorre sobre a violentação aos corpos negros e periféricos e sua espetacularização pelos meios de comunicação de massa.

“A fabulação através do surreal é uma maneira de falar de algo tão profundo como o genocídio da população negra sem tocar diretamente nos traumas sofridos por nosso povo. E, mais, sem contribuir para as narrativas hegemônicas que mantêm o imaginário social sedento pelo espetáculo sangrento”, explica o co-diretor  Sidjonathas.

Demarcação racial

Único filme sergipano desta edição do evento sudestino, “Ímã de Geladeira” faz uma importante demarcação racial em um espaço tradicionalmente ocupado por maioria branca, como grande parte das mostras de cinema do Brasil. A presença de dois diretores negros com um filme gravado na periferia do menor estado do país diz muito sobre o próprio tema da mostra: cinema em transição.

“Neste momento, sentimos o cinema mais próximo de nós. O movimento de cinemas descentralizados e cinemas negros vêm construindo há décadas um caminho - por vezes de formas muito precárias - para que hoje possamos discutir e vivenciar uma mudança cinematográfica”, contextualiza Carolen Meneses, co-diretora e roteirista do curta.

“Ímã de Geladeira” se soma a recentes produções afro-brasileiras que engrossam o caldo do que tem sido chamada de “primavera do cinema negro”, um movimento de ascensão de narrativas com protagonismo preto e de estreia de jovens negros cineastas, possibilitado no país pelo incentivo à democratização do acesso universitário e dos recursos públicos para o setor audiovisual.

Produzido no ano de 2020 durante a pandemia de Covid-19 seguindo todos os protocolos de saúde, o filme foi apoiado por políticas públicas emergenciais de cultura, o que revela, segundo Carolen, “que o estado de calamidade forçou a descentralização e desburocratização dos recursos e nos deu a possibilidade de acessá-los”.

O projeto foi apoiado pelo Edital de Premiação para Produção e Exibição Cultural proposto pelo Governo do Estado de Sergipe através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe - FUNCAP/SE, com recursos da Lei Federal 14.017/2020 - Lei Aldir Blanc.

PROGRAME-SE
Filme ‘Ímã de Geladeira’
Direção: Carolen Meneses e Sidjonathas Araújo
Filme Ficção, 19’45”, 2022, São Cristóvão-SE
Classificação indicativa: livre

Na 25a Mostra de Cinema de Tiradentes - Mostra Praça
Exibição entre 24 (a partir de 19h) e 25 de janeiro (até 19h)
Bate-papo com diretores no dia 25 de janeiro às 21h
No site mostratiradentes.com.br  
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !