O país do futebol aos pés do menino que dormia de chuteiras

O menino que dormia de chuteiras convida cada leitor a saltar com João do Pulo, correr com Carl Lewis e Joaquim Cruz, rodopiar com Nadia Comaneci, devolver um saque de Björn Borg com as raquetes de Gustavo Kuerten, ou tabelar com Pelé e Reinaldo no campinho de terra atrás da igreja.


Prefaciado por Celso Unzelte, comentarista da ESPN Brasil, lançamento do mineiro Aloisio Júnior traz o esporte como pano de fundo para falar sobre sentimentos e emoções


O menino que dormia de chuteiras é a mistura de ficção e não ficção costuradas pelo escritor mineiro Aloísio Júnior. Enquanto o personagem interage no enredo de famosas conquistas mundiais, ele reflete as experiências, memórias, sonhos, imaginação e o amor do escritor pela vida e os esportes. 

A paixão por diversas modalidades e pelo futebol, especialmente o Atlético Mineiro, deram vazão às palavras de Aloísio no livro prefaciado pelo comentarista da ESPN Brasil, Celso Unzelte. Ao longo dos contos repletos de metáforas e analogias, o leitor volta para a infância das décadas de 1970 e 1980. As regras do futebol de rua, quando a bola poderia ser substituída por qualquer objeto arredondado, os jogos de botões e a própria empolgação infantil expressada pelo personagem provocam tal nostalgia. 

A partir daqui, pego de empréstimo a consolidação do estatuto mais importante da minha infância, resultado do bate-papo sem fim com o menino de chuteiras. Por se tratar de matéria sagrada, elaboro-o em dez mandamentos, embaralhando a ingenuidade de criança com as lembranças de casos do mundo da bola. (O menino que dormia de chuteiras, p. 26). 

Para os apaixonados por outros clubes brasileiros, o autor deixa um recado. “O livro não é apenas para torcedores do Galo, assim como eu. É inclusive para amantes do Cruzeiro e de qualquer outro time do país”, esclarece.  

O menino que dormia de chuteiras convida cada leitor a saltar com João do Pulo, correr com Carl Lewis e Joaquim Cruz, rodopiar com Nadia Comaneci, devolver um saque de Björn Borg com as raquetes de Gustavo Kuerten, ou tabelar com Pelé e Reinaldo no campinho de terra atrás da igreja. O lançamento é um lembrete de que quando se dorme de chuteiras, sapatilhas, com raquetes ou até mesmo vestido com um macacão de Fórmula 1, tudo é possível.  

FICHA TÉCNICA 

Título: O menino que dormia de chuteiras  

Autor: Aloísio Júnior  

ISBN/ASIN: 978-65-86567-21-2  

Formato: 14x21 cm  

Páginas: 232 páginas  

Preço físico: 44,90   

Link de venda: https://www.omeninoquedormiadechuteiras.com/  

SOBRE O AUTOR:  Aloísio Júnior nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 1968. Cirurgião-dentista recém aposentado como Coronel Dentista na Polícia Militar de Minas Gerais , despertou em seu primeiro livro histórias do mundo dos esportes, ora pelos olhos descritivos do narrador adulto, ora pela perspectiva onírica disfarçada de menino. 

REDES SOCIAIS:

Instagram: @aloisiojuniorautor   

Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Só falta o seu comentário! O autor agradece.

buttons=(OK) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !