Museu Índia Vanuíre realiza contação de história para divertir a criançada

Do Texto: Museu Índia Vanuíre - A obra literária Menina Bonita do Laço de Fita é destaque da programação on-line e gratuita

Novembro finaliza com muita diversão na programação do Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari. Com leitura, caça-palavras e contação de histórias, o museu fará homenagem alusiva ao Dia da Consciência Negra (20/11).

A obra literária Menina Bonita do Laço de Fita é destaque da programação on-line e gratuita


Novembro finaliza com muita diversão na programação do Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari. Com leitura, caça-palavras e contação de histórias, o museu fará homenagem alusiva ao Dia da Consciência Negra (20/11).

Em todos os sábados, a instituição indica uma obra de leitura aos seguidores das redes sociais. São publicações relacionadas às temáticas do Museu e de fácil acesso do público, por meio de livrarias on-line e e-books gratuitos. Neste sábado (27), às 12h, a sugestão abordará um panorama da pesquisa arqueoastronômica no país, reunindo informações coletadas em alguns estados brasileiros onde foram encontrados vestígios arqueológicos com motivos astronômicos.

Além disso, finalizando a programação em celebração ao Mês da Consciência Negra, a instituição compartilhará, no domingo (28), um caça-palavras que terá conteúdos sobre a importância da data e mostrando personalidades negras brasileiras. Às 15h, a ação Família no Museu apresentará “Dandara, esposa de Zumbi dos Palmares”, maior líder do Quilombo dos Palmares que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravagista.

Ainda em comemoração à data, na terça-feira (30), às 15h, o Museu Índia Vanuíre realizará, pelas redes sociais, a contação de história da obra “Menina Bonita do Laço de Fita”, por Carla Taise. Ouvir histórias possibilita aguçar a memória cultural e afetiva, por isso, o projeto Vem que te conto um conto oportuniza, aos diversos públicos e por meio de histórias contadas, a difusão e a ampliação de conhecimentos diversos.

Vale lembrar que o museu está aberto à visitação presencial, de terça a domingo, das 9h às 17h, e às quintas-feiras até às 20h, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária para seus funcionários e visitantes.

Também pode ler:
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !