Museu Índia Vanuíre promove caça-palavras com temática indígena

O fim de semana do Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, está repleto de atividades para toda a família curtir de casa.


Agenda conta também com Dica de Leitura (16), curiosidades (18) e homenagens ao aniversário de Tupã (19 e 20); tudo on-line e gratuito


O fim de semana do Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, está repleto de atividades para toda a família curtir de casa.


No sábado (16), às 12h, a dica de leitura desta semana terá dez histórias contadas ou recontadas por escritores de diferentes povos indígenas. Para saber qual será a próxima indicação, acompanhe as mídias sociais do equipamento e fique por dentro de toda a programação. 


Aos domingos, no projeto Família no Museu (em casa), a equipe educativa da instituição desenvolverá uma sequência de caça-palavras referentes à exposição de longa duração "Tupã Plural", no módulo Índios do Brasil. Por isso, no dia 17 (domingo), às 15h, o equipamento convida toda a família para participar da brincadeira, e sugere um tour virtual pelos espaços do Museu para ajudar no jogo. A atividade é uma celebração ao Mês das Crianças.


O Museu Índia Vanuíre abriga um acervo histórico e etnográfico expressivo, com objetos e artefatos de diversas culturas. Por isso, na próxima segunda-feira (18), às 12h, exibem, pelas mídias sociais, uma prensa ortodôntica.


Além disso, ainda em comemoração aos 92 anos de Tupã, o equipamento promove uma série de vídeos durante o mês de outubro, destacando a imigração e a contribuição da mesma para a formação do município. Na terça-feira (19), às 15h, o destaque será a imigração italiana e a contribuição da mesma para a formação do município.


Já na quinta-feira (21), também às 15h, dando continuidade às homenagens a Tupã, a instituição apresentará a história da colônia árabe; imigrantes que contribuíram para a formação da cidade e para o desenvolvimento socioeconômico com participação ativa na vida política.


Vale lembrar que o museu está aberto à visitação presencial, de terça a domingo, das 9h às 17h; às quintas-feiras até às 20h, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária para seus funcionários e visitantes.  

Enviar um comentário

0 Comentários
* Só falta o seu comentário! O autor agradece.

buttons=(OK) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !