MSF apoia instituições de saúde de Portel, no Pará, nas ações de combate à COVID-19 - Portal Splish Splash

Recentes

terça-feira, junho 01, 2021

MSF apoia instituições de saúde de Portel, no Pará, nas ações de combate à COVID-19

A organização médico-humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) está iniciando atividades médicas em Portel, uma cidade da ilha do Marajó, no estado brasileiro do Pará. O objetivo é fornecer apoio à estrutura médica local para fortalecê-la, aprimorando a prestação de cuidados de saúde durante a pandemia de COVID-19.


A organização medico-humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) está iniciando atividades médicas em Portel, uma cidade da ilha do Marajó, no estado brasileiro do Pará. O objetivo é fornecer apoio à estrutura médica local para fortalecê-la, aprimorando a prestação de cuidados de saúde durante a pandemia de COVID-19.


MSF vai atuar de maneira coordenada com as secretarias de saúde do estado e do município. Como parte das atividades, serão realizados treinamentos com profissionais de saúde de instituições locais, com o objetivo de melhorar os fluxos de atendimento médico nas unidades locais em todos os níveis, desde a atenção primária, nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), passando por cuidados de emergência, nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), até as internações hospitalares.


A intenção é evitar que a demanda sobre o sistema hospitalar, que já está sobrecarregado, cresça ainda mais.  Juntamente com os treinamentos, também está sendo oferecido apoio de saúde mental aos profissionais de saúde, para aliviar as consequências psicológicas que a pandemia tem tido sobre eles. E com o objetivo de colocar em prática uma ação abrangente contra a COVID-19, MSF vai trabalhar junto à comunidade local na transmissão de mensagens de prevenção, além de monitorar casos suspeitos ou leves com visitas domiciliares e realizar testes de antígeno.


“A ideia é trabalhar em conjunto e apoiar a secretaria de Saúde de Portel, compartilhando a experiência acumulada por MSF na resposta à essa pandemia no Brasil e em todo o mundo”, comentou Clement Besse, coordenador do projeto de MSF na cidade. “Nós vamos ajudar a estabelecer fluxos e protocolos mais efetivos para aliviar a carga que os profissionais médicos tem tido de enfrentar no seu dia-a-dia”.


Para realizar todas as atividades, MSF montou uma equipe com médicos, enfermeiros, psicólogos e promotores de saúde que vão trabalhar próximos à comunidade e às equipes das UBSs e das UPAs.


Desde o início da pandemia, a organização médica internacional já trabalhou em diversas cidades do país em coordenação com as estruturas de saúde locais. Entre as cidades estão São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Tefé (no Amazonas), Porto Velho e Ji-Paraná (em Rondônia).


Sobre MSF

MSF é uma organização medico-humanitária internacional que fornece cuidados de saúde de qualidade a pessoas afetadas por crises e emergências. Somos uma organização independente, neutral e imparcial e nossas decisões baseiam-se apenas nas necessidades de nossos pacientes.

MSF começou a atuar no Brasil há 30 anos, com um projeto de combate a uma epidemia de cólera na região amazônica (Pará e Amazonas).  Atualmente trabalhamos em mais de 70 países na resposta à pandemia de COVID-19. No Brasil, iniciamos as atividades contra a doença em abril de 2020 e desde então já atuamos em dez estados no apoio a sistemas de saúde locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário