'Referência Google for Education' - Universidades brasileiras estão entre as únicas três no mundo que têm a certificação - Portal Splish Splash

terça-feira, janeiro 26, 2021

'Referência Google for Education' - Universidades brasileiras estão entre as únicas três no mundo que têm a certificação

Desde então, temos conseguido gerenciar as atividades de suporte ao acadêmico e as próprias aulas à distância, de modo síncrono, o que foi possível devido às plataformas que já tínhamos disponíveis. A parceria com o ‘Google for Education’ nos permitiu, também, dar continuidade à formação dos nossos estudantes com qualidade e eficiência”...


Em iniciativa pioneira no Brasil, as Instituições São Judas e UniBH, da Ânima Educação, transformaram sua cultura digital e impactaram mais de 30 mil alunos e 120 professores


O setor da educação foi um dos mais impactados nos últimos tempos e precisou acelerar as mudanças no ambiente de aprendizagem para conseguir seguir ativo e compartilhando conhecimento com os estudantes. Um dos legados da pandemia do coronavírus, certamente é a transformação da cultura digital dentro de escolas e universidades, que tiveram que se adaptar e fazer da tecnologia a principal aliada para conseguirem manter suas atividades.


Em um dos anos mais desafiadores da sua trajetória, a Ânima Educação, uma das principais organizações educacionais particulares de ensino superior do país, consolidou ainda mais a busca e utilização do que a tecnologia oferece de mais moderno e inovador para que a educação não parasse e seus alunos pudessem dar continuidade à jornada acadêmica com tranquilidade. Como resultado dessa iniciativa pioneira no Brasil, duas universidades do Ecossistema da companhia – o UniBH, em Minas Gerais, e a Universidade São Judas, em São Paulo, passam a integrar o seleto grupo das únicas três universidades no mundo que são ‘Referência Google for Education’.


Para conquistar a certificação, as duas instituições de ensino promoveram ao longo dos últimos tempos mudanças em sua cultura digital e passaram a utilizar a tecnologia de forma ainda mais eficiente, transformando as práticas pedagógicas e mudando a experiência de aprendizagem dos estudantes. Somadas, UniBH e São Judas impactaram mais de 30 mil alunos e 12O professores que participaram do processo de formação com o ‘Google For Education’.


Na Universidade São Judas, a parceria com a ‘Google for Education’ começou em 2018. Desde então, os educadores passaram por cursos de formação para o uso das ferramentas G Suite. As soluções tornaram a comunicação entre professores e alunos mais dinâmica e interativa, com a utilização da nuvem para disponibilizar conteúdos, atividades e videoaulas com explicações complementares até que a instituição recebeu a certificação de referência em abril de 2020. E os estudantes passaram a fazer trabalhos e atividades colaborativamente, contando com a mentoria do orientador.


“A São Judas continua se esforçando para que o processo de transformação digital de suas unidades siga acontecendo sem impactos a qualidade do ensino dos alunos. Ser uma universidade reconhecida com o certificado do Google for Education, é uma grande conquista e reflete o empenho de todo o time de educadores de nossas unidades. O processo de certificação foi muito rico e mostrou que a tecnologia é capaz de modificar os ambientes de aprendizagem e envolver todas as profissões na busca por novas soluções para os problemas de nossa sociedade”, acrescenta Monica Orcioli, reitora da Universidade.


Em Minas Gerais, a parceria com o ‘Google for Education’ teve início em 2019 e se deu por meio de consultorias da Foreducation EdTech. Parcerias diferenciadas e criativas como essa, fazem parte de um dos pilares da instituição de ensino. E têm como objetivo fazer avançar e evoluir, cada vez mais, o processo de ensino e aprendizagem da universidade.


“O processo de adaptação foi rápido. Imediatamente, migramos todas as disciplinas, práticas e teóricas, para o ambiente virtual. Desde então, temos conseguido gerenciar as atividades de suporte ao acadêmico e as próprias aulas à distância, de modo síncrono, o que foi possível devido às plataformas que já tínhamos disponíveis. A parceria com o ‘Google for Education’ nos permitiu, também, dar continuidade à formação dos nossos estudantes com qualidade e eficiência”, comenta Eduardo França, diretor do UniBH. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário