ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/26/2020

Projeto Inspirar é homenageado na Câmara Municipal de Itajubá


Idealizada pelo vereador Antônio Raimundo Santi, Moção de Congratulação reconheceu os benefícios da fabricação dos ventiladores para a preservação de vidas

O projeto Inspirar, criado pela empresa mineira Tacom para produzir ventiladores pulmonares que pudessem dar suporte a pacientes contaminados pelo novo coronavírus, recebeu, na noite de ontem (24), uma Moção de Congratulação da Câmara de Vereadores de Itajubá (MG). A homenagem foi uma iniciativa do vereador Antônio Raimundo Santi (PSL), tendo sido aprovada e endossada pelos demais vereadores presentes. Em função da pandemia, a cerimônia foi transmitida online.

A Moção de Congratulação é uma homenagem concedida pelos vereadores a pessoas, instituições ou empresas que se destacam de alguma forma, por meio de projetos que representem benefícios à população. “A Câmara de Itajubá não poderia estar ausente a tão grande feito no município, que certamente beneficiará muitas pessoas. Profissionais exemplares do nosso estado abdicaram de seu dia a dia para se dedicar, exclusivamente, a este belo projeto, que merece nossos aplausos”, celebrou Santi.

Para que fosse possível a fabricação dos ventiladores em larga escala, a Tacom ergueu uma fábrica, em Itajubá, dedicada à montagem dos equipamentos. “A cidade de Itajubá já faz parte da história da Tacom há algum tempo pois é onde está sediada a empresa Sisvôo, com a qual, há 20 anos, mantemos uma parceria de sucesso.  Ficamos felizes e muito honrados com esta homenagem e registro meus sinceros agradecimentos ao vereador Santi pelo recinhecimento”, disse o diretor comercial da Tacom, Marco Antônio Tonussi. Os equipamentos, que chegam ao mercado com um preço bastante acessível, foram homologados pela Anvisa no último dia 3 e já podem ser utilizados por hospitais de todo o Brasil.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo