ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/05/2020

Dall une influências múltiplas de seus integrantes em identidade única no novo EP “Três Vidas”

TRÊS VIDAS ARTE FINAL

Trabalho traz faixas compostas por todos os membros da banda gaúcha


Após revelar o single e clipe “Sobre Viver”, o trio gaúcho Dall entrega o conceito completo de seu EP “Três vidas”. O trabalho une canções existenciais e reflexivas com uma sonoridade que combina rock, reggae, funk, pop e experimentalismo. A banda buscou traduzir a identidade individual de cada integrante, ao mesmo tempo que criou uma musicalidade única para a Dall. O trabalho está disponível em todas as plataformas digitais de música.

“Três Vidas” veio para estabelecer o power trio enquanto criação coletiva. Inicialmente guiado pelas composições de Rodolfo Deon (guitarra, baixo, pad, vocal), aqui Neni Hx (guitarra, baixo, teclado, synths, vocal) e Pedro Graeff (bateria, percussão, vocal) também se tornaram autores, cada um contribuindo primordialmente em uma das três faixas que compõem o EP. 

“Acredito que esse projeto como um todo representa a consolidação da Dall como uma banda em seu aspecto coletivo. A banda começou como um projeto mais de minha autoria e empenho, porém agora ela foi aos poucos sendo abraçada pelo Neni e pelo Pedro a ponto de criarmos esse EP em que há uma música de cada um e todos cantam. Geralmente eu trago influências mais experimentais e o Neni influências mais pop, e no EP a minha música é a mais pop de todas e a do Neni a mais experimental - algo que, no meu ver, comprova nosso entrosamento musical”, reflete Rodolfo.

Ele contribuiu com “Sobre Viver”, primeiro single do projeto e faixa que abre o álbum. Já Pedro surge em “Aurora Modulante”, composta com Vêh Mello quando tinha 16 anos. Dez anos depois, ela foi gravada pela primeira vez em “Três Vidas”. Por fim, “Ser(es) Completos” traz o DNA de Neni, também registrando sua verve de compositor, bem como uma nova identidade para o baixista que se formou inicialmente como guitarrista e violonista. Ele assina ainda a produção musical, mixagem e masterização por meio da sua Hx Produtora. Cada uma das músicas ganha um clipe e, juntos, eles interligam uma história apresentada inicialmente no vídeo de “Sobre Viver”.

Após lançar um EP homônimo no seu ano de formação, a banda se consolidou e vem desenvolvendo sua sonoridade com uma série de singles nos últimos meses. Essa evolução ganha forma em “Três Vidas”. A Dall se consolidou como um dos nomes promissores da música gaúcha nos últimos anos e agora quer levar sua mensagem para todo o país.

“A história e a dinâmica de todas as coisas ocorrem através dessa união entre pólos opostos/complementares para então chegar a um novo produto, uma síntese. Assim, o EP expõe esse belo processo da natureza, seja através da união de diversos elementos sonoros nas músicas,  seja através de uma história contada nos vídeos”, complementa Deon.

Com produção executiva do próprio Deon e musical de Neni Hx, o trabalho está disponível em todos os serviços de streaming de música e ganhará um curta metragem em breve. Além disso, a Dall divulga uma série de episódios em mini-documentários que mostram os bastidores da gravação do EP.

Ouça “Três Vidas”: https://smarturl.it/TresVidasEP
Confira os bastidores da gravação na série Mini Doc: https://bit.ly/39zkKIp

Ficha técnica
Músicos:
Rodolfo Deon: guitarra, pad, teclado, voz
Neni Hx: guitarra, baixo, teclado, voz
Pedro Graeff: bateria, percussão, voz
Produção, mixagem e masterização: Neni Hx / Hx Produtora
Produção executiva: Rodolfo Deon
Fotografia e conceito: Rodolfo Deon, Fabiana Maia, Pedro Graeff, Neni Hx
Todas as faixas compostas por Rodolfo Deon, Neni Hx e Pedro Graeff

Dall-Crédito: Fabiana Maia
Faixa-a-faixa:
Sobre Viver, por Rodolfo Deon: A primeira faixa do EP tem uma levada mais pop rock. É a música que lançamos como single. O EP inaugura, então, nesse clima mais soft e good vibes, mas que ao mesmo tempo possui uma letra com um quê reflexivo e existencial (mesmo que num primeiro momento ela possa parecer banal). A letra narra algumas experiências rotineiras de uma protagonista feminina, que são felizes mas ao mesmo tempo existe um questionamento sobre o sentido disso tudo. No clipe procuramos mostrar exatamente isso: a rotina de alegrias de uma moça, mas ao mesmo tempo com reflexões.

Aurora Modulante, por Pedro Graeff: O título da música é uma referência direta à sua própria harmonia: é uma música que modula o tempo todo, a ponto de não existir uma tonalidade principal. Mas também faz referência ao conceito e à letra, uma vez que ela diz respeito a um conteúdo reflexivo mais profundo que Sobre Viver. É uma letra de questionamentos e de dor, mas que ao mesmo tempo traz uma esperança, uma aurora. E essa aurora, assim como a harmonia da música, é "modulante", pois possui seus questionamentos, seus altos e baixos. 

Ser(es) Completos, por Neni Hx: A terceira e última música finaliza a história das anteriores. Musicalmente, é baseada em uma harmonia de piano simples, somada a efeitos eletrônicos e synths. A letra e o conceito vão direto ao ponto: o encontro entre dois pólos aparentemente opostos (menina good vibes x rapaz meio down) gera uma conexão que os atrai e os faz se completar. Dessa conexão, um ser novo se cria: uma filha. Com influência de música eletrônica dos anos 60/70, o final serve como uma espécie de teaser para a meta do próximo ano: lançar um álbum que alie nosso conceito rock-reggae-funk-pop com o experimentalismo eletrônico.

Siga a banda:

Dall - Sobre Viver (videoclipe oficial)

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo