ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/31/2020

Descubra como o profissional de assessoria de imprensa pode se reinventar no mercado


Impactos do SEO na assessoria de imprensa digital

Descubra o que muda quando buscar ranqueamento passa a fazer parte da rotina dos profissionais da comunicação


A transformação e a digitalização do mercado da comunicação nos últimos anos já estava sendo percebida por muitos profissionais da área. Com a chegada da pandemia do Covid-19, esse ritmo acelerou. Alguns estudiosos em futurologia afirmam que as mudanças sentidas e experienciadas podem corresponder a um avanço de até dez anos e os profissionais da assessoria de imprensa não escaparam dessa. 

Até poucos anos atrás, a expectativa de quem contratava um serviço de assessoria de imprensa era de aparecer na capa de um jornal ou em um programa de TV no horário nobre. Hoje, mais do que nunca, a divulgação de uma empresa também deve levar em consideração o peso da internet. 

A importância do universo web passou a ser tão forte que algumas empresas começaram a oferecer o serviço de assessoria de imprensa com um foco exclusivo de divulgação em veículos on-line. É a chamada assessoria de imprensa digital

Flávia Crizanto é jornalista e parte da sua carreira foi trilhada em veículos da mídia tradicional, como a TV e o jornal impresso. Até que teve a oportunidade de atuar dentro de uma agência de SEO e descobriu que assessoria de imprensa poderia ser uma forte aliada e fortalecer ainda mais as estratégias de empresas para ranquear no Google. 

"Em um primeiro momento, a digitalização dos processos de comunicação assustou parte dos profissionais. Por outro lado, aqueles que mergulharam nesse novo universo tiveram a chance de se reinventar e, até mesmo, construir uma carreira mais independente", conta a profissional que atualmente comanda a Experta Media, uma empresa especializada em distribuição de conteúdo com foco na assessoria de imprensa digital, link building e SEO. 

E como fica a profissão do assessor de imprensa?

Em meio a todo esse contexto de rápida transformação, o trabalho qualificado do assessor de imprensa não deixou de ser uma necessidade. Afinal, o conteúdo produzido para um veículo digital também precisa ser informativo, atrativo e contextualizado. Saber respeitar e reconhecer as regras editoriais de um site ou blog é uma habilidade desse profissional e muito importante para o SEO.

É tudo uma questão de adaptação. O que o assessor de imprensa deve ter em mente é que no digital, o volume de informações é muito maior. Por isso, quem presta serviços de assessoria de imprensa ou quer melhorar a presença digital precisa saber como otimizar as aparições on-line.

SEO na assessoria de imprensa digital: por que usar

As estratégias de SEO existem para que os motores de busca, como o Google, possam apresentar os melhores resultados para aquilo que se procura. Dessa forma, ele presta um bom serviço ao usuário.

O trabalho que o Google faz, por meio de seus algoritmos, é atuar como uma espécie de filtro, que varre os sites e seus conteúdos em busca de informações específicas que são cruzadas com os termos buscados. 

Para criar a ordem dos resultados que aparecem em lista para quem fez a pesquisa, os algoritmos levam diversos fatores em consideração. É por isso que hoje em dia já é seguro dizer que sem aplicar as técnicas de SEO fica mais difícil um site chegar ao topo dos resultados orgânicos (aqueles que não são patrocinados) do Google.

Como fazer SEO na Assessoria de Imprensa Digital

As otimizações para SEO dentro do contexto da assessoria de imprensa estão, basicamente, em dois pilares:

1 - Na produção do conteúdo

Na hora de redigir um release ou um artigo, é preciso saber quais são as palavras-chave que vão fazer com que uma empresa seja apresentada como resultado a quem procura por ela no Google.

Para isso, além de utilizar uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave, como o Keyword Planner do próprio Google ou outras diversas disponíveis no mercado, também é preciso ter o pensamento alinhado com o público da marca: de que forma ele realiza essa busca? Que palavras escolhe usar?

A presença de palavras-chave é ainda mais notada pelos algoritmos quando está presente em títulos, subtítulos, na url da página, ou seja, em lugares de destaque. Mas o importante mesmo é que essa distribuição seja feita de forma natural, sem forçar a barra.

2 - Na distribuição do conteúdo

A escolha do veículo em que se vai publicar o conteúdo também precisa ser mais criteriosa se o intuito for obter também resultados por meio do SEO. "Publicar em qualquer site apenas para ter uma menção não é o objetivo do assessor de imprensa digital", destaca Crizanto.

Isso porque uma das principais formas de conseguir chamar a atenção dos mecanismos de busca é por meio do relacionamento feito com outros sites de autoridade, processo que é conhecido como link building.

Os algoritmos do Google percebem quando um site respeitado faz referência a um outro site. Essa relação se dá por meio de um link. Esse robô então entende que é bastante provável que o site referenciado também seja bom para os seus usuários, aumentando sua autoridade.

A importância das métricas na assessoria de imprensa digital

A inclusão de boas práticas em SEO na assessoria de imprensa mudou um pouco a dinâmica do trabalho e reforçou ainda mais a importância da mensuração na metodologia do trabalho. No período analógico, o máximo que era possível aferir era a tiragem, a centimentragem de uma matéria no jornal ou a audiência de um programa de TV no qual a menção a uma empresa era feita. 

O profissional que se dedica à assessoria de imprensa digital pode contar com a facilidade de apresentar métricas como tráfego, visitas, autoridade de um site e, até mesmo, acompanhar a evolução das palavras-chave de um negócio no Google. "As possibilidades são inúmeras e o mercado está de portas abertas para essas novas estratégia", encerra Flávia. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo