ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4/18/2020

Views:

Global Music Fest 2020, online e beneficente, terá 20 bandas de 8 países

Arte: Isadora Martinez (@isshhxx)

Sessions gravadas exclusivamente para o festival serão transmitidas no canal do Youtube do Minuto Indie

Durante o necessário isolamento social para conter a disseminação mundial da Covid-19 (novo coronavírus), o manager artístico Carlo Bruno Montalvão, da Brain Productions Booking, idealizou um festival online com um formato inédito, além de rigorosamente profissional e, o mais importante, beneficente. É o Global Music Fest 2020, que acontecerá de 23 a 26 de abril, com transmissões inéditas no canal do Youtube do Minuto Indie, com 20 bandas da cena alternativa de 8 países diferentes. O Festival é uma parceria inédita da Brain Productions Booking e do canal Minuto Indie, por meio de seus idealizadores, Montalvão (Brain) e Alexandre Giglio (Minuto Indie).

Além da visibilidade às bandas, entre promessas, revelações e nomes consagrados da música alternativa mundial, o Global Music Fest 2020 tem foco no social. O evento arrecadará fundos para ajudar instituições engajadas para minimizar os impactos causados pela crise do novo coronavírus. Todo o dinheiro arrecadado será destinado para confecção de máscaras, respiradores e distribuição de alimentos não perecíveis às pessoas em vulnerabilidade social. As doações poderão ser feitas, durante a realização do festival, pelas plataformas https://www.kickante.com.br/campanhas/global-music-fest-2020-0 (para doações dentro do Brasil) e https://www.patreon.com/ (para quem está no exterior).

O evento também conta com o apoio do programa El Sonido, da KEXP, com o Dj Chilly+ Albina Cabrera (@Elsonidoradio). O El Sonido é um programa focado em música produzida na América Latina que vai ao ar todas as segundas na renomada rádio de Seattle, eles fizeram a curadoria do primeiro dia do festival.

O festival, diferente das lives que se tornaram populares em tempos da pandemia, será pré-gravado em estúdio e/ou nas casas dos próprios artistas, em formatos inéditos. Cada banda ficou responsável pela gravação e, em seguida, a edição e pós-produção ficou a cabo de uma equipe do Minuto Indie e do Global Music Fest 2020, de modo que o produto final (a apresentação musical) chegue ao público com qualidade de imagem e conteúdo. A programação começará sempre às 16h.

Cada programa (banda) terá entre 25 a 30 minutos de duração. Começando com uma rápida introdução sobre a atração (quem é, principais pontos da carreira e seu mais recente trabalho), seguida da apresentação em si, com quatro ou cinco músicas. Haverá também uma entrevista, com perguntas descontraídas e também relativas ao Covid-19. O programa se encerra lembrando o espectador sobre a importância da doação e, claro, para permanecer online e curtir todo o festival.

O idealizador Montalvão fala mais sobre o festival. "A ideia do Global Music Fest surgiu depois que tive uma turnê de 45 shows (que iria passar por Estados Unidos, Itália, França, Reino Unido, Suíça, Bélgica, Holanda e Alemanha) totalmente cancelada por conta da pandemia da Covid-19. Da tristeza de ter tantos shows importantes cancelados de uma só vez, surgiu a ideia de criar um evento virtual que pudesse unir artistas não só Brasil, como de outros países, de forma a aproximar as cenas desse países, nem que fosse virtualmente".

Montalvão, então, uniu música e a vontade de ajudar o próximo, transformando o evento numa plataforma de arrecadação de fundos para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social. "Em parceria com o Alexandre Giglio, depois de muitas reuniões e diálogos, criamos esse formato de programas especiais, onde a cada episódio um artista é apresentado no canal Minuto Indie".

A curadoria foi cirúrgica. "Busquei convidar artistas relevantes da cena alternativa de diversos países", revela o idealizador.

O festival terá a honrosa participação do Doug Martsch (Built To Spill), Rishi Dhir (da banda Elephant Stone, do Canadá), Tempers (brilhante duo de New York), além das bandas Golden Dawn Archestra e Strange Lot (de Austin, Texas), Skeleton Club e Post-Modern Connection (Canadá), Barbi Recanati (artista de destaque na cena argentina) - todas as bandas que foram escolhidas pelo El Sonido/KEXP. Participam também os brasileiros The Baggios, Bike, Ema Stoned, Atalhos e Jonathan Ferr, entre os tantos artistas.

Alexandre Giglio, fala como será a transmissão. "Será ao vivo dentro do canal do youtube do Minuto Indie. O formato é simples: apresento o festival e o todo seu conceito, porque estamos fazendo isso e depois é só curtir e se deliciar com a banda! Teremos 4 dias seguidos de festival e 5 bandas (lives) por dia! Ou seja, música boa é o que não vai faltar".

Acompanhe novidades e mais informações sobre o festival pelo Instagram: instagram.com/globalmusicfest2020.

Golden Dawn Arkestra: Divulgação
Line up por dia do Global Music Fest 2020

23 de abril/day 1 - curadoria da El Sonido/KEXP
El Shirota (Chiluca, MX)
O Marineros (Santiago, CL)
Riel (Buenos Aires, AR)
Terror Cactus (Seattle, US)
Tres Leches (Seattle, US)

24 de abril/day 2 - curadoria da Brain Productions
Atalhos (São Paulo, BR)
Post-modern Connection (Kelowna, CA)
Skeleton Club (Quebec City, CA)
The Baggios (Sergipe, BR)
Tempers (New York, US)

25 de abril/day 3 - curadoria da Brain Productions
Barbi Recanati (Buenos Aires, AR)
BIKE (São Paulo, BR)
Elephant Stone (Montreal, CA)
Mr. Deadly One Bad Man (Ancona, IT)
Strange Lot (Austin, US)

26 de abril/day 4 - curadoria da Brain Productions
Doug Martsch / Built To Spill (Boise City, US)
Ema Stoned (São Paulo, BR)
Golden Dawn Archestra (Austin, US)
Jonathan Ferr (Rio de Janeiro, BR)
We Bless This Mess (Porto, PT / Norwich, UK)

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo