ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/21/2020

Por meio do futebol, projeto transforma realidade social de 18 mil crianças e adolescentes em todo o Brasil

O Instituto utiliza metodologia exclusiva alia aulas da formação humana ao futebol-Créditos: Instituto Futebol de Rua

Criado em 2006, Instituto Futebol de Rua atua com a inclusão esportiva, cultural e social de jovens em situação de vulnerabilidade

Esporte e educação. Essas são as principais ferramentas utilizadas pelo Instituto Futebol de Rua para promover a transformação social na vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Desde 2006, quando foi criada, a organização sem fins lucrativos já atendeu mais de 18 mil meninos e meninas espalhados pelas cinco regiões brasileiras. Com sede em Curitiba (PR), a iniciativa atende atualmente cerca de dois mil jovens, em 22 cidades.

“Queremos dar novas oportunidades para crianças e adolescentes que nem sempre possuem estrutura financeira e familiar para alcançar seus sonhos. Criamos um projeto que desenvolve a habilidade futebolística, ao mesmo tempo em que os praticantes constroem o senso de respeito ao próximo e de cidadania. Nossos projetos oferecem acompanhamento pedagógico e atividades que o preparam para a vida pessoal e profissional”, explica o fundador do Instituto Futebol de Rua, Alceu Neto. 

Realizadas no contraturno escolar, para alunos de escolas públicas, as atividades do Instituto desenvolvem uma metodologia exclusiva, que alia aulas da formação humana ao futebol. As atividades usam conceitos como: o fair play é a regra número um; o drible vale mais do que o gol; e os alunos são os árbitros de seus próprios jogos. “Preparamos programas para todas as fases do jovem, desde a infância até a preparação para o mercado de trabalho, que incentivam a autonomia e o desenvolvimento pessoal”, afirma Alceu Neto.

Atualmente cinco projetos são executados pelo Instituto Futebol de Rua, voltados a crianças e adolescentes em diferentes faixas etárias, sempre aliando esporte e educação.

Futebol de Rua pela Educação

Desenvolvido há nove anos, o projeto “Futebol de Rua pela Educação” é um programa realizado em 22 cidades, voltado a crianças de 8 a 12 anos, sempre com turmas para meninos e meninas, via Lei de Incentivo ao Esporte, da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania. O programa sócio-esportivo apresenta uma proposta educativa, baseada no uso esporte como ferramenta de inclusão e superação de desigualdades. As atividades também potencializam ações de ensino e aprendizagem que complementam as aulas da rede formal de educação. A metodologia alia práticas esportivas e pedagógicas, atividades lúdicas e culturais, com o objetivo de formar valores de cidadania na quadra, na escola, na rua e na vida.

Jogando Juntos

Executado na capital paranaense, com o apoio da Fundação de Ação Social de Curitiba, o programa “Jogando Juntos” propõe uma metodologia de trabalho criativa, implantando o “Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos” (SCFV). Entre as atividades realizadas estão o reforço escolar, aulas de música, teatro, informática, dança, futebol e outros esportes. Por estimular o relacionamento familiar, o projeto envolve pais e responsáveis, com reuniões mensais, para acompanhar o desenvolvimento da criança e do adolescente.

Football for Hope

Patrocinado pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), o projeto “Football for Hope” acontece em Curitiba, unindo práticas esportivas e pedagógicas para complementar ações da rede formal de educação, com foco no futebol e na preparação para o mercado de trabalho. Todas as atividades propostas são realizadas na quadra e pensadas para despertar o protagonismo juvenil, com formato dinâmico que incentiva a reflexão sobre sua própria realidade social.

Aprendiz de Futebol

Focado em jovens de 15 a 24 anos, que começam a dar os primeiros passos em direção ao mercado de trabalho, o projeto possui um ambiente simulado, com cursos técnicos que preparam para uma carreira profissional. O programa oferece o cumprimento alternativo das cotas de aprendizagem para os jovens aprendizes. As atividades práticas são realizadas na sede do Instituto Futebol de Rua, em Curitiba, com formação em empreendedorismo e nas diversas áreas do segmento esportivo, como atleta, fisioterapeuta, preparador físico e jornalista.

Plano anual da CBFF

O plano anual é o primeiro projeto em parceria com a Confederação Brasileira de Futebol Freestyle (CBFF). Com dois núcleos no Rio de Janeiro e outro em Porto Pecém, no Ceará, ele terá como foco o Futebol Freestyle em um formato semelhante ao Futebol de Rua pela Educação. O plano anual busca promover a prática esportiva e a transformação social, além de formar cidadãos conscientes de seus direitos, com aulas de Futebol Freestyle e formação humana.

A organização sem fins lucrativos já atendeu mais de 18 mil meninos e meninas de todas as regiões do Brasil-Créditos: Instituto Futebol de Rua
Sobre o Instituto Futebol de Rua
Criado em 2006, o Instituto Futebol de Rua é uma organização sem fins lucrativos que utiliza o esporte e a cultura como ferramentas para o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Presente em 12 estados, 22 cidades e com mais de dois mil beneficiários, o Instituto conta com metodologia exclusiva que alia aulas de formação humana ao futebol.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo