ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

9/24/2019

Biblioteca infantil e revitalização de praça são legados da Mostra Sustentável para Campinas

Biblioteca-Leandro Farchi

Além de beneficiar a Fundação Síndrome de Down com reformas e grande visibilidade, a edição 2019 deixará para a comunidade uma biblioteca infantil e um espaço público totalmente restaurado. Campanha de doação de livros será lançada para a formação do acervo

A biblioteca infantil e o espaço de lazer em que se tornou a Praça Pedro Cané, em Barão Geraldo, são os principais legados (o que se transmite à geração seguinte) que a edição 2019 da Mostra Sustentável deixará para a comunidade de Campinas. Além do espaço físico, a Mostra fará uma campanha de arrecadação de livros com os profissionais e visitantes para criar um acervo diversificado para a nova biblioteca. Quem fizer doação de livros infanto-juvenis no período de 1º a 13 de outubro terá 20% de desconto no valor integral do ingresso.

Espaço da Biblioteca-Leandro Farchi

De porte médio, a biblioteca foi desenvolvida para comportar simultaneamente até 20 pessoas. Como a proposta é atender crianças do Ensino Fundamental, todo o mobiliário está organizado em tamanhos e alturas adequados. As estantes construídas para acomodar diversos tipos de livros e revistas estão fixadas em alturas variadas, facilitando o acesso às publicações. As mesas são modulares e coloridas, o que permite mudar o layout conforme o uso. Destaque para os pufes que proporcionam um ambiente ideal para que as crianças possam ouvir histórias.

Durante a Mostra, a biblioteca funciona como bilheteria. Uma vez encerrado o período de visitação, a estrutura será doada à Prefeitura Municipal de Campinas para atender as crianças da Fundação Síndrome de Down, da Cemei Profa. Leonor Motta Zuppi, localizada na mesma rua, e os moradores de Barão Geraldo.

Construção ecoeficiente

Roseana Desenso Monteiro e Elton Casarin-Leandro Farchi
A biblioteca foi o único ambiente 100% construído na Mostra Sustentável, o que permitiu uma edificação com alto grau de ecoeficiência. Trata-se da primeira biblioteca da América do Sul construída pelo método Wood Frame, processo tecnológico inteligente de produção com baixa emissão de CO² - cerca de cinco vezes menos que em construções convencionais -, que não utiliza água, não gera muito resíduo e é muito rápido.

As paredes são produzidas em fábrica e transportadas até o local da obra onde são montadas com auxílio de guindaste. Já vêm com todas as instalações prontas para os acabamentos, agilizando a edificação.  Desenvolvido pelos arquitetos Roseana Desenso Monteiro e Elton Casarin, o projeto considerou o posicionamento em relação ao sol e correntes de vento, visando o conforto e eficiência ambiental, com aproveitamento da luz natural e ventilação cruzada, reduzindo o consumo de energia. A cisterna coleta água de chuva, que foi usada na construção e que, agora, serve para molhar o jardim do entorno e lavar os pisos, quando necessário. 

Espaços de convivência na praça

Helena Overmeer-Leandro Farchi
A biblioteca está instalada na Praça Pedro Cané, que foi revitalizada para oferecer novos espaços de convivência, tanto para os alunos da Fundação Síndrome de Down quanto para a comunidade, uma vez que todas as melhorias serão doadas à municipalidade. Desenvolvida pela paisagista Helena Overmeer, a praça foi batizada de “Como Somos”. Inspirado no formato do DNA e no cromossomo 21, o desenho da praça contempla vários espaços com propostas diferentes, ratificando a disposição de acolher a todos com vontades e necessidades diversas.

A revitalização da praça “Como Somos” foi inspirada no cromossomo 21. Tem no centro um caminho de tijolos entrelaçados com plantas que atravessa o espaço, formando o desenho de uma dupla hélice, usada para descrever a estrutura do DNA. A praça foi estruturada em vários pequenos espaços, como o Pátio de Jogos, com mesas de cimento para jogar xadrez e cartas; Pátio de Estudo, formado por mesas comunitárias de madeira para ler e estudar ou fazer piquenique; Pátio de Convívio, com um fogo de chão para reuniões diversas e Pátio do Cromossomo, uma estrutura de bambu na forma de DNA, feito para as crianças brincarem com o equilíbrio.

Praça Pedro Cané antes da Mostra Sustentável-Divulgação

Um destaque são os Morros Sustentáveis, que deram uma finalidade útil ao entulho da obra da Mostra. Cobertos com grama, os resíduos se transformaram em pequenas colinas para brincadeiras de sobe e desce. O projeto de revitalização contou com mão de obra disponibilizada pelo projeto “Mão Amiga", que busca a capacitação e a ressocialização de ex-moradores de rua.

Praça "Como Somos"-Leandro Farchi

Sobre a Mostra
A Mostra Sustentável é um projeto de arquitetura e paisagismo, arte e design de interiores, gastronomia e educação, que congrega profissionais do setor, sociedade civil, poder público e iniciativa privada para a promoção do desenvolvimento sustentável. Na Fundação Síndrome de Down são mais de 40 ambientes criados por cerca de 80 profissionais, proporcionando aos visitantes ideias muito criativas, interessantes e fáceis de aplicar em casa - na sala, na cozinha, no quarto, no banheiro - ou em escritórios e consultórios.  São sugestões muito práticas demonstrando que é possível, sim, ter criatividade e ser ecologicamente correto ao mesmo tempo.

A exposição sempre acontece em benefício de uma instituição privada, sem fins lucrativos, com forte impacto social e de reconhecida gestão. Os ambientes decorados e em exposição são projetados com a inclusão de técnicas, conceitos e produtos sustentáveis. Nos anos anteriores, a Mostra Sustentável beneficiou o Lar dos Velhinhos e o Serviço Social Cândido Ferreira, ambos em Campinas.

O evento segue até 13 de outubro e funciona de quarta a sexta-feira das 15h às 21h; aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 19h. A Fundação Síndrome de Down fica na Rua José Antônio Marinho, 430, em Barão Geraldo, Campinas. Os ingressos custam R$ 35,00 (inteira: entrada + revista), R$ 20,00 (meia: entrada + revista) e R$ 60,00 (passaporte: entrada ilimitada + 1 revista). Apenas a revisita custa R$ 10,00 (somente entrada). Informações no site www.mostra.com.br e pelo telefone (19) 99850-1807- Whatsapp.

Sem comentários:

Enviar um comentário