ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

9/20/2019

ABDI promove encontro entre 30 indústrias e 120 startups de Brasil e Portugal


Evento no dia 23 de setembro, em São Paulo, visa fomentar inovação no setor produtivo e fortalecer ambiente de negócios para novos empreendedores

Depois de mostrarem interesse em novas relações e analisarem os perfis com que mais se identificam, chegou a hora de as indústrias e startups se conhecerem “pessoalmente”. Essa é a proposta do evento CoDiscovery Lab, promovido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), no dia 23 de setembro, em São Paulo. No espaço, estarão representantes de 30 empresas, sendo uma de Portugal, e 120 novos empreendimentos, três deles portugueses.

O CoDiscovery Lab é a terceira etapa do Programa Conexão Startup Indústria 4.0 da ABDI, que passou pelas fases de inscrição e seleção dos participantes. “O objetivo agora é gerar os ‘matches’ entre as demandas das indústrias e competências de startups para o desenvolvimento conjunto de Provas de Conceito”, explica Bruno Jorge, coordenador de Indústria 4.0 e Inovação da ABDI.

As indústrias escolhem até duas startups para assinarem um termo de trabalho conjunto. O programa tem como finalidade apoiar a inovação e as tecnologias 4.0 para o setor produtivo e, ao mesmo tempo, fortalecer o ambiente de negócios para novos empreendedores. O edital binacional, lançado pela ABDI em novembro de 2018, prevê R$ 4,8 milhões em premiação para as startups que se conectarem às indústrias.

O encontro presencial ocorrerá das 8h às 18h, no Parque Tecnológico de São Paulo, cedido de forma gratuita em parceria com a InvestSP. O evento terá três espaços: um auditório para a abertura e o encerramento, outro local para as Indústrias receberem as startups em agendas estruturadas e o terceiro espaço será uma feira para que as startups apresentem suas competências.

A ABDI recebeu 499 inscrições de startups, das quais 296 foram consideradas habilitadas, 11 delas portuguesas. Na etapa seguinte, foram selecionados os 120 projetos. Estas iniciativas englobam 17 estados brasileiros. As Unidades da Federação com maior representatividade foram Minas Gerais, com 31 startups (26%), São Paulo com 30 (25%) e Santa Catarina com 19 (16%).

As indústrias selecionadas são de São Paulo (11), Rio Grande do Sul e Santa Catarina (6 cada), Paraná (4), Minas Gerais e Rio de Janeiro, com uma cada, além de uma portuguesa. Do total, 20% são indústrias de produtos químicos, farmoquímicos e farmacêuticos.

Sem comentários:

Enviar um comentário