ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/31/2019

O fascínio pelas sociedades secretas


Por Michelly Gassmann

Sociedades secretas remotam às civilizações antigas, porém estão longe de serem algo do passado. Através da história e até os dias atuais elas existem por várias razões. É interessante analisar o motivo de serem secretas antes de entender o fascínio que ainda exercem sobre o imaginário coletivo. Segundo pesquisa, realizada pela Enciclopédia Internacional das Ciências Sociais e de Comportamento, as sociedades secretas atraem a atenção, pois se referem as construções culturais da personalidade e à dinâmica das relações interpessoais.

Uma sociedade secreta é, antes de qualquer coisa, formada por um grupo de pessoas com ideias, crenças e propósitos similares. Estas crenças podem ser consideradas absurdas ou até mesmo ofensivas para a maior parte da sociedade exterior (daí a necessidade de serem secretas).

Ao longo da história tomamos conhecimento de algumas sociedades que de secretas acabaram tornando-se famosas, como a Cabala, que mistura esoterismo com preceitos do judaísmo, ou ainda a Ordem de Rosa-cruz que acredita possuir conhecimentos secretos do universo. Também são notórias a Ordem dos Cavaleiros Templários e os Illuminati, famosos pelos livros de Dan Brown.

Possivelmente a mais conhecida seja a Maçonaria. Cercada de mistérios, há muitos que acreditam que possua entre seus membros os homens mais poderosos da sociedade e ainda há teorias de que sua influência chegue a todos os níveis de organização política, comercial e econômica em todo o mundo.

Além das sociedades que buscam um maior conhecimento e iluminação de seus membros, há ainda muitas célebres por acreditarem possuir o conhecimento sobre o fim do mundo. Muitas surgiram por meio da história, em alguns casos terminando em finais trágicos. Suicídios coletivos e tentativas frustradas de acertar o momento exato do apocalipse foram se tornando marcas registradas destas seitas. A obsessão pelo fim dos tempos parece vir de um desejo insustentável de acabar com o sofrimento humano, começar uma nova era por meio de pessoas mais iluminadas para reiniciar a humanidade.

Absurdo? Ilusão? Fanatismo? Cada um sinta-se livre para tirar as suas próprias conclusões.



Sobre Michelly Gassmann 
Escritora, engenheira e consultora. Gestora de equipes, projetos, organização e planejamento. Orientadora educacional do método Kumon. MBA em Gestão estratégica e econômica de projetos pela FGV. Graduada em Engenharia elétrica com foco em telecomunicações pela FEI. Autora da obra A sétima ordem, publicada pela Literare Books International.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

HOMENAGEM A ROBERTO LEAL

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil