ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4/27/2019

BOCA LIVRE LIBERA SINGLE QUE ANTECIPA NOVO TRABALHO

Arte: Philippe Leon / Foto: Leo Aversa

"Amor de Índio" foi escolhido para apresentar o disco "Viola de Bem Querer", que sai em 24 de maio nos aplicativos de música, com distribuição da ONErpm

Ouça aqui o novo single "Amor de Índio"

A inconfundível assinatura vocal do Boca Livre volta a soar nesta sexta-feira, 26 de abril, depois de um hiato de seis anos. A canção escolhida para apresentar o álbum "Viola de Bem Querer", 13º da carreira do grupo, é "Amor de Índio" (Beto Guedes / Ronaldo Bastos), disponível em todos os aplicativos de música, com distribuição da ONErpm. O disco na íntegra sai na versão digital no dia 24 de maio e, logo depois, em CD. Os shows de lançamento começam pelo Rio de Janeiro, em 31 de maio e 1° de junho, no Teatro Rival.

"Sim, todo amor é sagrado", diz um dos versos da letra de Ronaldo Bastos para o clássico lançado originalmente pelo parceiro Beto Guedes em 1978 - mesmo ano em que nascia o Boca Livre - e que ganha força no atual contexto histórico. "Assim como a maioria das músicas de Beto Guedes, 'Amor de Índio' é uma tradução genial do amor e suas facetas, e está ligada a espiritualidade, natureza, entrega sem limites. Caiu como uma luva no que o Boca Livre procura para interpretar", justifica David Tygel.

Além de Tygel, que cantou e tocou viola de 10 cordas na faixa, o Boca Livre é formado por Lourenço Baeta (voz e flauta), Mauricio Maestro (voz e baixo) e Zé Renato (voz e violão). Participaram ainda da gravação os músicos João Carlos Coutinho (piano elétrico) e Pantico Rocha (bateria). A direção musical é do próprio quarteto, com arranjos vocais de Mauricio Maestro.
Carmen Augusta

Sobre a autora

Carmen Augusta - Administradora e Redatora do Portal Splish Splash. Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

COPIE O SEU EMOTICON E COLE NOS COMENTÁRIOS


👍😀😁😄😇😉😊😋😌😍😎😏😐😕😘😛😞😤😥😧😩😭😮😰😴🐞🐢👄💗💙👻👽🎃🎄🎅🎂🍺🍻🍹🍷

VARIAÇÕES EM A DISTÂNCIA (PARTE 2 DE 2)

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil