ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4/02/2019

As quedas dos homens-futebolistas



Hoje existem muitos futebolistas que souberam fazer pela vida em função do dinheiro que ganharam no futebol. Outros, porém, deixaram-se levar pela onda do exagero, esbanjando todas as suas economias em noitadas de luxo. E aqui, neste contexto, muitos perderam, inclusivamente, os seus bens para a justiça, consequência de acções movidas por ex-mulheres, ex-companheiras, sobretudo aquelas que ficaram com os filhos desses mesmos "craques". Hoje, fala-se de Ronaldinho Gaúcho e Adriano, pela má vida que levaram. Para eles, uma vida boa, pelo menos enquanto o dinheiro chegou para esses gastos nas noitadas-de-sexo e outras coisas mais. Esse foi um dos motivos, por exemplo, para que ambos não fossem convocados por Dunga para a seleção brasileira. De jogadores de futebol, não sei se em Portugal alguns enveredaram pela política. No caso afirmativo, terão sido poucos e daqueles que fazem parte do grupo de "ilustres desconhecidos". Ora, nesse sentido, e para voltar a ligar o fio à meada, em relação aos considerandos colocados no início deste trabalho, um dos mais famosos "craques" do mundo, que tem uma enorme listagem de mulheres viu-se metido em palpos de aranha perante a justiça que, na continuidade dos processos movidos pela verdadeira mulher, lhe confiscou a maioria dos bens, inclusive um apartamento de luxo situado na Barra, dos mais famosos locais do Rio de Janeiro (só mesmo para quem tem muito dinheiro). Isto significou que o ex-jogador em questão deixou de dar pensão aos filhos e quando a ex-esposa (pelo menos esta, que saibamos) entrou na justiça, a quantia da dívida já era elevadíssima, para além de outros casos, chegou a estar uma noite preso na delegacia e só saiu com uma caução. Perante todos estes factos,  caiu na banalidade, apesar de ter editado um livro e na sua apresentação ter dito, em tom irónico, que o produto das vendas seria para pagar as suas dívidas. E ao que dizem, este ex-jogador atualmente está muito bem na vida. É bem possível que sim. 

Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

COPIE O SEU EMOTICON E COLE NOS COMENTÁRIOS


👍😀😁😄😇😉😊😋😌😍😎😏😐😕😘😛😞😤😥😧😩😭😮😰😴🐞🐢👄💗💙👻👽🎃🎄🎅🎂🍺🍻🍹🍷

VARIAÇÕES EM A DISTÂNCIA (PARTE 1 DE 2)

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil