ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2/11/2019

25ª Competição Baja SAE BRASIL começa dia 20 com 1,7 mil universitários de todo País

Os Baja SAE são projetados e construídos por estudantes de engenharia 

Competição estudantil será realizada de 20 a 24 de fevereiro em São José dos Campos, ao lado da FATEC 

Cerca de 1,7 mil estudantes de cursos de engenharia participam da Competição Baja SAE BRASIL de 20 a 24 de fevereiro, que será realizada no Parque Tecnológico de São José dos Campos, Interior paulista, em área próxima à Fatec – SJC.

“Esta é uma parceria entre SAE BRASIL, Urbam, Fatec e Prefeitura de São José dos Campos, que propicia aos alunos de engenharia de todo o Brasil apresentarem seus projetos inovadores na Competição BAJA SAE BRASIL em um parque tecnológico, berço de muitos empreendimentos empresariais de sucesso. Neste local, os alunos têm a oportunidade de mostrar as competências técnicas, lideranças e administração de projetos ao público e aos avaliadores dos projetos”, diz Otacílio Gomes, diretor geral da SAE BRASIL.

Os universitários representam as 87 equipes de 84 instituições de ensino superior de 17 Estados do País, mais Distrito Federal, que estão inscritas na competição.

Com três equipes a mais que em 2018, a etapa nacional da Competição Baja SAE BRASIL  qualificará três equipes que alcançarem as melhores pontuações na soma geral das provas a representar o País na competição mundial, Baja SAE Rochester (6 a 9 de junho, Rochester Institute of Technology, NY, EUA), promovida pela SAE International.

Os veículos Baja SAE são projetados e construídos por estudantes nas próprias universidades, sob orientação de professores. Além de projetar e construir os carros cabe aos alunos organizar e gerenciar as equipes responsáveis por todo o trabalho, que inclui a própria viabilidade econômica do projeto.

O Sudeste lidera com 52 equipes inscritas, 23 do Estado de São Paulo, 14 de Minas Gerais, 11 do Rio de Janeiro e três do Espírito Santo. A região Sul inscreveu 15 equipes, sete do Paraná, quatro do Rio Grande do Sul, e quatro de Santa Catarina.

O Nordeste vem em seguida com 14 equipes, quatro de Pernambuco, três da Bahia, três do Rio Grande do Norte, duas da Paraíba, uma de Sergipe e uma do Piauí. O Centro Oeste inscreveu duas equipes de Mato Grosso do Sul, uma de Mato Grosso e uma do Distrito Federal, e a região Norte somou três inscrições – duas do Amazonas, uma do Pará.

Carros - Os Baja SAE BRASIL são monopostos de estrutura tubular em aço para uso fora de estrada, com quatro ou mais rodas e motor padrão de 10 HP, capazes de transportar pilotos com até 1,90m de altura, com peso de até 109 kg.

Carro da equipe EESC USP que levou 1º lugar na competição 2018

Baja UFMG, da Federal de Minas, vice-campeã em 2018 

Histórico - O projeto Baja SAE foi criado na Universidade da Carolina do Sul, Estados Unidos, e a primeira competição norte-americana realizada em 1976. O ano de 1991 marcou o início das atividades da SAE BRASIL, que, em 1994, lançava o Projeto Baja SAE BRASIL e no ano seguinte, 1995, realizava a primeira competição nacional, na pista Guido Caloi, bairro do Ibirapuera, capital paulista. Em 1996 a competição foi transferida para o Autódromo de Interlagos, onde ficaria até o ano de 2002 e depois seguiu para o Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, em Piracicaba, interior de São Paulo, onde ficou até 2015, e passou para o endereço atual - São José dos Campos - em 2016.

“Os programas estudantis da SAE BRASIL têm obtido sucesso entre os jovens e se mostrado celeiros de talento e inovação a ponto de cativar apoio e reconhecimento da indústria ao programa”, ressalta Mauro Correia, presidente da SAE BRASIL.

Bajeiros na prova do Enduro 2018, a mais esperada

25ª Competição Baja SAE BRASIL
Quando: de 20 a 24 de fevereiro de 2019
Onde: Parque Tecnológico de São José dos Campos - Av. Cesare Monsueto Giulio Lattes, s/n, bairro Eugenio de Melo, ao lado da Fatec
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

GALERIA DA LUSOFONIA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil