ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12 de outubro de 2018

Sequência de amistosos da “canarinha” – Vitória (2-0) do Brasil


As chamadas DATAS FIFA são para jogos oficiais e particulares. Na Europa já em andamento a UEFA LIGA, dividida por vários grupos, com Portugal no pote três.

Também com o fito de reestruturação, a seleção brasileira vai aproveitar mais esta DATA FIFA para a realização de dois amistosos, concretamente com a Arábia Saudita e, no dia 16, o sempre apetecido Brasil – Argentina, cuja rivalidade é bem conhecida. Como se diz na gíria popular, nestes confrontos entre brasileiros e argentinos nem aos feijões querem perder.

«A ideia do Tite é testar o máximo possível de jogadores neste novo ciclo, quer ter a oportunidade de ver muitos que ainda não viu».

O BRASIL – ARÁBIA SAUDITA -  Perante uma animada réplica da Arábia Saudita, a seleção brasileira fez por chamar a si o domínio do jogo, o que aliás era previsível.  Porém, não estava a ser muito acentuada a pressão do Brasil. Verificava-se um hiato entre o meio-campo e o ataque, em suma, faltando profundidade. Melhor dizendo, lentidão a mais, Contudo, aos 42 minutos, finalmente uma jogada de boa abertura e a surgir Gabriel Jesus a inaugurar o marcador. Um golo que não deu para convencer em termos de exibição. De tudo isto, o que nos reservava a segunda-parte?

Apesar de ter desfrutado de uma boa oportunidade de golo, desperdiçada por Lucas (que entrou para o lugar de Fred), o Brasil não estava a render aquilo que todos desejariam. E nada de aflorar mais golos. Por outro lado, embora com visíveis limitações, a Arábia Saudita não se intimidou perante este Brasil que revelou muita passividade. Um mau teste para defrontar a Argentina na próxima terça-feira.

No último lance da partida o Brasil chegou aos 2-0.

Vitória do Brasil acaba por ser justa, mas manda a verdade dizer que a exibição deixou muito a desejar. Muito frouxa, mau grado a boa prestação de Neymar, sem dúvida o melhor.

Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis