ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

26 de outubro de 2018

No feriado, Festival Antimatéria leva música de vanguarda para o Parque Lage

Apresentações de nomes da música experimentais serão gratuitas
Música experimental em um dos principais pontos de arte da cidade. O Festival Antimatéria chega no feriado (02/11) ao Parque Lage com shows de artistas de destaque do segmento no Brasil e de vários pontos do mundo. As apresentações começam às 16h e a entrada é gratuita.

A Escola de Artes Visuais é o ambiente para a apresentação do trio carioca Chelpa Ferro em parceria com o guitarrista canadense Alex Durlak. O músico constrói uma sonoridade a partir de fontes eletroacústicas processadas, tecendo estruturas sonoras sombrias e cinéticas para criar ambiências. 

Criado em 1995, o Chelpa Ferro é um grupo que trabalha no duplo eixo da galeria de artes visuais e dos palcos musicais, realizando performances, instalações sonoras e apresentações de música eletrônica. O primeiro disco e a primeira exposição individual vieram em 1997. Como grupo de música, Chelpa se apresentou em diversas cidades do Brasil. Em galerias, teve instalações expostas na Itália, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Canadá e Cuba. 

O cuiqueiro Paulinho Bicolor se apresenta com os instrumentos inventados pelo pioneiro Panda Giafratti. No trabalho dele, a brasileiríssima cuíca é reinventada e processada, explorando feedback, delays e loops. A rabeca de Thomas Rohrer se encontra a música espectral de Bella

Ela é artista e musicista que dialoga com elementos visuais. Desenvolve projetos, performance e gravações explorando a relação entre aspectos físicos e conceituais da matéria/som. Já Rohrer é um suíço radicado há 20 anos no Brasil. Seu trabalho é norteado pelo improviso, usando rabeca e sax soprano, e busca explorar as diferentes sonoridades dos instrumentos. 

Completam a noite a “música de ruídos” politizada de God Pussy e as máquinas abstratas de Gabriela Mureb. God Pussy é um projeto que traz o caos social cotidiano e o barulho constante que sufoca o silêncio das grandes cidades. No trabalho, utiliza pedais, piezos, sintetizadores, geradores de ruídos e outras ferramentas para simular explosões e saturações sonoras. Já Gabriela é artista visual e professora na Escola de Belas Artes (UFRJ). Seu foco está nas experiências limítrofes do corpo e da linguagem e utiliza-se de máquinas, performances, som e vídeo como ferramentas investigativas.

Ocupando diversos pontos da cidade com uma música livre e vanguardista, o festival Antimatéria traz uma programação entre os dias 30/10 e 3/11 com atrações gratuitas e shows pagos. A produção é do Quintavant/QTV e da Audio Rebel, responsáveis por alguns dos principais eventos do gênero na cidade.

Serviço:
Festival Antimatéria
Chelpa Ferro / Alex Durlak + Paulinho Bicolor / Panda Gianfratti + Bella / Thomas Rohrer + Gabriela Mureb + God Pussy
Data: 02/11/2018 (sexta-feira) 
Horário: 16h
Local: Parque Lage 
Endereço: R. Jardim Botânico, 414 - Jardim Botânico - Rio de Janeiro/RJ
Preço: Grátis
Classificação: Livre

FICHA TÉCNICA
Produção: Mariana Mansur, Bernardo Oliveira, Pedro Azevedo e Luan Correia
Curadoria: Pedro Azevedo e Bernardo Oliveira
Concepção visual: Lucas Pires e Lucas Guimarães
Som: Pedro Azevedo, Renato Godoy e Luan Correia
Booking nacional: Audio Rebel/Desmonta/Alavanca
Booking internacional: Harmonipan/Flotar

PRODUÇÃO
Audio Rebel
Quintavant / QTV

APOIO
Red Bull
Budweiser
CONVERSE
Void
Goethe-Institut Rio de Janeiro
Pro Helvetia

APOIO CULTURAL
Alavanca
Build Up Media
Comuna
DESMONTA
Parque Lage | Escola de Artes Visuais
Funarte
Flotar
Harmonipan
New Design

Carmen Augusta

Sobre a autora

Carmen Augusta - Administradora e Redatora do Portal Splish Splash. Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis